Espetáculo Brimas estreia em novembro no Rio de Janeiro | Cabine Cultural
Agenda

Espetáculo Brimas estreia em novembro no Rio de Janeiro

Inspiradas em suas avós, as atrizes trazem para o palco histórias reais de suas famílias (Foto: Divulgação / Assessoria)

“Inspiradas em suas avós, as atrizes trazem para o palco histórias reais de suas famílias, que, mesmo sendo de religiões diferentes, são similares quando tangem o idioma, hábitos e costumes”

Por Úrsula Neves

A comédia Brimas estreia dia 12 de novembro no Midrash Centro Cultural, no Rio de Janeiro. Dirigida por Luiz Antônio Rocha, a peça conta a história de Ester (Beth Zalcman) e Marion (Simone Kalil), uma judia e uma católica maronita vindas do Egito e do Líbano, respectivamente, e que chegam ao Rio de Janeiro no início do século 20.

Inspiradas em suas avós, as atrizes trazem para o palco histórias reais de suas famílias, que, mesmo sendo de religiões diferentes, são similares quando tangem o idioma, hábitos e costumes. A peça fala sobre o amor à terra em que se nasce, orgulho de pertencer à pátria brasileira que as acolheu como filhas,  a travessia, o ir sempre em frente, a esperança, a memória do que ficou para trás, a saudade e a expectativa da alegria de dias melhores.

A plateia é recebida pelas atrizes assim que chega ao teatro. Elas servem quibes no velório e conversam com as pessoas. A comida acaba e as duas matriarcas se empenham em fazer mais tabuleiros de quibe. Elas revivem suas histórias de vida com muito humor e muito tempero. A plateia vai descobrindo a cultura do oriente médio e a coragem dessas matriarcas, amigas inseparáveis, apaixonadas pela vida.

“Estou muito feliz por ter embarcado nessa viagem, nesse projeto lindo e abençoado! Falamos dos imigrantes que deixam suas pátrias e cruzam o oceano em busca de uma nova pátria. Através do humor vamos falar dessas travessias”, conta o diretor Luiz Antônio Rocha.

Feira de Adoção Cães e Gatos

Para a atriz Beth Zalcman, falar de sua avó é falar de identidade construída pelo afeto, pelo cheiro e sabores da comida, pelos gestos, pela voz, pelas histórias vividas e sentidas. “A força dessas matriarcas, nossas avós, representa tantos outros imigrantes, tantas outras avós, tantas outras mulheres. Essa peça fala do oriente médio e fala do Brasil. Na verdade, Brimas fala de tudo aquilo que diz respeito ao que há de mais humano em nós: o amor, a saudade, a família, a fé e a alegria”, diz emocionada Beth Zalcman.

FICHA TÉCNICA
Texto e atuação: Beth Zalcman e Simone Kalil
Direção: Luiz Antônio Rocha
Assistente de direção: Valéria Alencar
Cenário: Toninho Lôbo
Figurino: Claudia Goldbach
Programação visual: Davi Palmeira
Direção de produção: Beth Zalcman, Simone Kalil e Tamires Nascimento
Produção executiva: Lívia Ataíde
Elaboração de projeto: Jenny Mezzencio
Preparação de elenco: Beth Zalcman
Programação visual: Davi Palmeira
Assessoria de imprensa: Minas de ideias

SERVIÇO
Brimas
Estreia: 12 de novembro, às 20h30
Quinta-feira, às 20h30 e Domingo, às 20h
De 12 de novembro a 6 de dezembro
Midrash Centro Cultural
Rua General Venâncio Flores, 182 – Leblon, Rio de Janeiro – Telefone (21) 2239-1800 – De segunda a quinta, das 14h às 22h
Comédia
70 minutos
10 anos
R$ 40 (Inteira) e R$ 20 (Meia entrada)
secretaria@midrash.org.br ou midrash.org.br

Jornalista carioca, mãe do Heitor. Gestora de Comunidade & Gerente de Projetos do Digitais do Marketing. Repórter do site Cabine Cultural. Adora ler, assistir séries pelo Netflix, ir ao cinema e teatro, navegar pela internet e viajar acordada ou dormindo.

 

UCI OrientCinemas

Uma resposta para “Espetáculo Brimas estreia em novembro no Rio de Janeiro”

  1. Ontem tive o enorme prazer em ver as peças “Brimas”! Engraçada, leve, e ao mesmo tempo emocionante… ver as atrizes, Beth Zalcman e Simone Kalil, se transformarem em duas velhas “turcas” imigrantes lembrando suas histórias, desde que aportaram no Brasil, no início do século. A platéia vai do choro ao riso em questões de segundos. Me lembrou demais a minha querida e saudosa avó, e todas as suas inesquecíveis histórias!!! Para todos, que temos antepassados imigrantes, Vale a pena! #ficaadica

Deixe uma resposta