Peça O que Restou do Sagrado estreia em novembro com entrada gratuita no Rio de Janeiro
Agenda

Peça O que Restou do Sagrado estreia em novembro com entrada gratuita no Rio de Janeiro

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O espetáculo O que Restou do Sagrado estreia no dia 4 de novembro no Rio de Janeiro com sessões gratuitas (Crédito: Divulgação)

“A salvação da raça humana depende de sete indivíduos descrentes confinados em uma igreja. Eles precisam confessar seus piores pecados, arrependerem-se e pedirem perdão”

Por Úrsula Neves

Os cariocas e os turistas que estiverem de passagem pelo Rio de Janeiro terão a oportunidade de conferir de graça uma peça teatral que fez grande sucesso durante o Festival de Curitiba de 2014. O espetáculo O que Restou do Sagrado, que estreia no dia 4 de novembro, terá sessões gratuitas na Zona Sul do RJ até o final de sua temporada, no dia 9 de dezembro.

Escrito por Mário Bortolloto, em 2004, o espetáculo é composto por sete personagens que questionam o caráter de Deus e o poder divino do perdão. Como na fábula Entre Quatro Paredes, de Jean-Paul Sartre, pessoas que não se conhecem são confinadas em um espaço para se torturarem mutuamente com confissões terríveis.

O texto jorra como um vômito, o ritmo e o tom dos atores têm a urgência do punk- rock. Trata-se de salvar a humanidade através do arrependimento. Mas para isso é preciso antes provar a existência de Deus. Partindo da frase de Santo Agostinho: “Deus permitiu o mal para dele extrair o bem”, Bortolotto trata da maldade do mundo e da ausência de intervenção divina como pedagogia de Deus.

O texto mostra a relação entre Deus e o homem, além de investigar sua existência. Confinados numa igreja, todos os personagens têm até o clarear do dia para se arrepender e salvar o mundo lá fora da fúria de Deus. Mas para isso precisam confessar seus piores pecados e arrepender-se genuinamente. Os personagens enfrentam seus próprios medos enquanto se acusam mutuamente.

Sinopse
A salvação da raça humana depende de sete indivíduos descrentes confinados em uma igreja. Eles precisam confessar seus piores pecados, arrependerem-se e pedirem perdão. Como convencê-los a fazer isso? E, mais difícil, como conseguir seus arrependimentos sinceros?

Ficha Técnica
Texto: Mário Bortolotto
Direção: Nirley Lacerda
Elenco: Ana Carolina Dessandre, Daniel Bouzas, Diogo de Andrade Medeiros, Fábio Guará, Elio de Oliveira, Lucas Tapioca, Nara Parolini e Monique Vaillé
Cenário: Diogo de Andrade Medeiros
Ilumina
ção: Paulo César Medeiros
Figurino: Patrícia Muniz
Assessoria de Imprensa: Minas de Ideias
Direção de Produção: Monique Vaillé
Design: Elio de Oliveira
Realiza
ção: Grupo Fragmento e Tartufaria de Atores

SERVIÇO
O que restou do Sagrado
De 4 de novembro a 9 de dezembro
Castelinho do Flamengo 
Centro Cultural Municipal Oduvaldo Vianna Filho
Praia do Flamengo 158
Flamengo, Rio de Janeiro
Quarta-feira, às 
20h30
16 anos
Entrada Gratuita (distribuição de senhas a partir de 20h)
50 minutos
Drama

Jornalista carioca, mãe do Heitor. Gestora de Comunidade & Gerente de Projetos do Digitais do Marketing. Repórter do site Cabine Cultural. Adora ler, assistir séries pelo Netflix, ir ao cinema e teatro, navegar pela internet e viajar acordada ou dormindo.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta