Crítica de cinema: Ninguém ama ninguém...Por mais de dois anos | Cabine Cultural
Críticas

Crítica de cinema: Ninguém ama ninguém…Por mais de dois anos

Logo Cultura PopColuna da jornalista Úrsula Neves sobre tudo que acontece no universo da cultura pop

Ninguém ama ninguém… por mais de dois anos

Ninguém ama ninguém… por mais de dois anos, inspirado na obra de Nelson Rodrigues, marca a estreia nos cinemas de um dos mais premiados diretores de publicidade do Brasil, Clovis Mello. E ele já surpreende positivamente logo no primeiro longa.

O filme é baseado em cinco contos da coluna A Vida Como Ela É, de Nelson Rodrigues, publicada no jornal Última Hora entre os anos de 1951 e 1956. A ideia do diretor de misturar as histórias, que se completam no final, foi muito boa. Talvez não teria o mesmo efeito se fossem inseridas separadamente.

Cena do filme com Michel Melamed, Pedro Brício e Gabriela Duarte (Foto: Divulgação)

Cena do filme com Michel Melamed, Pedro Brício e Gabriela Duarte (Foto: Divulgação)

Bom, quem conhece a obra de Nelson sabe o que esperar do longa: traições, luxúria, desconfiança entre amigos, morte e, claro, sexo. Tudo com muito humor e exagero. O texto da produção manteve o linguajar falado no Rio de Janeiro dos anos 60.  A direção de arte está de parabéns, tanto nas escolhas das locações como no figurino.

Leia também:  Rubens Barrichello soma forças a equipe de dubladores do longa de animação Carros 3, da Disney Pixar - Confira o trailer

O elenco é encabeçado por Gabriela Duarte, Marcelo Faria e Ernani Moraes, que estão muito bem em seus papéis. Os demais atores também se mostraram afinados com o universo rodriguiano. Vale a pena conferir.

Ficha Técnica
Ninguém ama ninguém… por mais de dois anos
Estreia nos cinemas: 12 de novembro
Duração: 87 min
Classificação indicativa: 16 anos
Gênero: Drama/comédia
Elenco: Gabriela Duarte, Marcelo Faria, Ernani Moraes, Michel Melamed, Pedro Brício, Julia Lund, Lidi Lisboa, Julianne Trevisol, Branca Messina, Pedro Osório, Antônio Fragoso, Thelmo Fernandes, Ricardo Martins, Zezeh Barbosa, Luana Piovani, Débora Olivieri, Paulo Reis e Crica Rodrigues.
Direção: Clovis Mello
Roteiro: Marina Meira, Paula Santos e Rodrigo de Vasconcellos
Produção: Raul Doria e Nelson Rodrigues, filho
Produção executiva: Milton Pimenta
Produção executiva de pós-produção: Luciane Toffoli e Rose Garkisch
Direção de fotografia: Marcelo Brasil
Direção de arte: Gabriella Valverde
Produção de elenco: Marcela Altberg
Figurino: Cristina Kangussu e Reka Koves
Som direto: Ricardo Cadila
Montagem: João Branco
Trilha sonora: Hilton Raw e Henrique Cazes
Edição e desenho de som: Beto Ferraz
Mixagem: Paulo Gama
Correção de cor: Guilherme Ribeiro

Leia também:  Crítica Punhos de Sangue: a grande estreia da semana nos cinemas

Úrsula Neves fotoJornalista carioca, mãe do Heitor. Gestora de Comunidade & Gerente de Projetos do Digitais do Marketing. Repórter do site Cabine Cultural. Adora ler, assistir séries pelo Netflix, ir ao cinema e teatro, navegar pela internet e viajar acordada ou dormindo.

Deixe uma resposta