Crítica The Voice Brasil shows ao vivo: o reinado de Claudia Leitte continua | Cabine Cultural
Televisão

Crítica The Voice Brasil shows ao vivo: o reinado de Claudia Leitte continua

Time Claudia

Programa tem melhorado aos poucos, mas ainda entrega falhas grotescas; público agora pode salvar candidatos e assim já visualizamos os potenciais vencedores

Por Luis Fernando Pereira

Se estivéssemos em uma edição normal do The Voice, já saberíamos exatamente qual técnico teria mais chances de ganhar, ou ao menos mais merecimento para vencer. Desde as fases das batalhas que essa ligação entre técnico e participante é construída. Porém, no The Voice Brasil, essa ligação é nula e só conseguimos ver qual técnico é mais eficiente nas fases ao vivo, observando as escolhas das canções e de todo o resto que envolve a apresentação.

E neste ponto temos (e sempre tivemos) uma técnica que se sobressai frente aos demais. Claudia Leitte sabe produzir bem uma apresentação, afinal de contas, é a única ali que vive neste universo do pop, onde tudo deve estar impecável. Enquanto os outros são preguiçosos em muitos detalhes, Claudia consegue entregar as melhores apresentações, entregar os melhores figurinos, e nesta hora consegue também ajudar melhor os membros de sua equipe. E não os boicota.

Leia também:  Crítica: History estreia nova temporada de “Os Caçadores de Relíquias”

Vejamos algo bem interessante que aconteceu na última quinta-feira, dia 26 de novembro, na equipe de Lulu Santos: Jonnata Lima, Marcos Matarazzo e Tori Huang disputavam a preferência do público, todos os três apresentaram-se muito bem, mas obviamente tínhamos ali dois cantores experientes e muito bons. e uma menina novata, ainda em fase de crescimento. Lulu Santos, sem saber o resultado, já foi opinando, deixando claro que para ele os dois cantores passariam e que Tori Huang seria a eliminada. Tudo muito claro.

Acontece que a menina foi a mais votada entre o público, criando uma situação imediata de constrangimento, que Lulu fez questão de aumentar dizendo que era a voz do povo e que não podia fazer nada. Veja, temos um técnico boicotando de maneira infeliz e quase desonesta alguém de sua equipe. Isso só prova o quão incapazes ainda são alguns dos técnicos do The Voice brasileiro.

Time Lulu
Leia também:  Intrínseca lança fascinante “Robô Selvagem”, novo livro de Peter Brown

É exatamente por questões assim que a cantora baiana acaba levando vantagem frente aos outros três: este tipo de falha grotesca ela ainda não cometeu. Se existe algo que ela sempre faz é lutar, mesmo que meia boca, por sua equipe.

Episódio
Tivemos na equipe de Claudia a eliminação de Willian San’Per, enquanto que Allice Tirolla (cantando lindamente Adele) e Nikki (que cantou música da Anitta) passaram para a próxima fase, mostrando que a sua equipe será basicamente recheado de cantores pop.

Na equipe de Lulu Santos tivemos a eliminação precoce e bem injusta de Marcos Matarazzo, que fez uma apresentação muito bem produzida de Bohemian Rhapsody, clássico do Queen.

No time de Carlinhos Brown, Adna Souza, Agnes Jamill (foi salva pelo público com 38% dos votos) e Paula Sanffer se apresentaram na noite. Esta última foi salva por Brown, deixando Adna e seu lindíssimo vestido de fora da competição. Adna possui uma voz exótica, mas por enquanto esta é a mais marcante qualidade dela como cantora. Ela precisa melhorar muito para que a sua voz, única, consiga ajudá-la no futuro a crescer como artista.

Leia também:  Crítica: Shark Tank Brasil é entretenimento de primeira qualidade

E no time de Michel Teló tivemos Edu Santa Fé com o clássico Luar do Sertão. Franciele Karen se apresentou com Clarity, de Zedd. O último participante da equipe de Michel Teló foi Matteus, que cantou a canção Caso Indefinido. Com 53% dos votos, Edu Santa Fé foi a escolha do público. Michel Teló escolheu Matteus e assim Franciele Karen se despediu da competição.

Time Brown

Fica o destaque para a equipe de Teló, que vem sendo a grande surpresa desta edição. O cantor já consegue facilmente ser a segunda força da competição, e se continuar assim, vai polarizar rapidamente as atenções do público com Claudia Leitte. Entre os técnicos, os dois estão à anos luz de Lulu Santos e Carlinhos Brown.

O programa continua com a fase ao vivo na próxima quinta-feira.

Luis Fernando Pereira é crítico cultural e editor/administrador do site




5 respostas para “Crítica The Voice Brasil shows ao vivo: o reinado de Claudia Leitte continua”

  1. Concordo Caroline, as apresentações do time de Claudia sempre são muito bem produzidas. As melhores apresentações sempre foram da equipe dela. E mesmo não tendo vencido todos, até pq o nome do programa é The Voice e a voz é quem deve mandar, não o técnico ser ela ou outro, os candidatos do time dela sempre ficam em segundo, sendo sempre bem votados. Isso mostra o quão competente ela é. Se as pessoa deixarem a implicância com ela e hipocrisia vão ver como ela entende e sabe o que está fazendo. Claudia estudou musica, e sempre está se atualizando, não vejo bobagem nos comentários TÉCNICOS dela.

  2. Tenho pena de quem escolhe ficar no time do lulu ele sempre boicotou seus próprios candidatos, mas o público gosta de Tori e se depender do público ela irá para a final

  3. Nossa discordo totalmente,vc deve assistir a outro the voice pq a Milk com suas palhaçadas é péssima,aliás o programa todo vai de mal a pior a edição mais fraca de todas mas Lulu e Brown seguem sendo os melhores e mais sensatos e a Milk segue sendo a palhaça de circo desde o começo,o Teló ainda não disse a que veio,em fim o programa perdeu muita qualidade por mim trocava todos os técnicos só assim pra voltar a ter credibilidade.

    • Cindy melhore viu? Assisto o the voice desde a primeira edição e ficou mais que comprovado que a unica que sabe como conduzir a equipe é Claudia Leitte. As melhores apresentações saem sim da equipe dela! E não precisa gostar dela para admitir isso não, só precisa deixar de ser hipócrita! Uma exemplo de batalha que sem duvida foi a melhor do The Voice foi a de Sam Alves e Marcela Bueno. Reveja seu conceito e busque melhorar seus argumentos!

Deixe uma resposta