Jordan Smith, o campeão da nona temporada do The Voice americano | Cabine Cultural
Televisão

Jordan Smith, o campeão da nona temporada do The Voice americano

Jordan Smith


Jordan é um dos grandes nomes da história do reality e conseguiu a proeza de desbancar, mesmo que por um momento, Adele na parada de singles do iTunes

Atualização 00:26: Jordan oficialmente é o vencedor do The Voice

Quando Jordan Smith apareceu pela primeira de corpo inteiro no The Voice, ele já estava no meio de sua apresentação, que foi às cegas para todos, inclusive, nós, espectadores. A razão era mais que clara: Jordan não era um garoto dito ‘normal’. Ele naquele instante cantava uma das músicas mais fortes dos últimos anos, Chandelier, da Sia. A canção, pesada, contou com a voz diferente do rapaz. Os técnicos, ao menos Gwen, juravam que era uma garota.

Leia também:  Crítica: em temporada morna, Chris Blue é campeão do The Voice (USA) e dá título a Alicia Keys

Foram quatro cadeiras viradas e o início de uma jornada quase épica estava começando ali. Adam, que acabou sendo escolhido, havia lhe dito um pouco antes da escolha: “você é um dos cantores mais importantes que já passaram por aqui”.

Pois bem, algumas semanas se passaram e estamos aqui anunciando que Jordan Smith é o vencedor da nona temporada do The Voice, que de fato só termina na noite desta terça-feira, dia 15 de dezembro.

Porém isso aqui está longe de ser um exercício de futurologia, muito menos um palpite. Jordan Smith simplesmente dominou do início ao fim a parada do iTunes nos Estados Unidos e todas as suas apresentações foram destacadas por todo o mundo. Jordan virou matéria da Revista People, ganhou milhares de seguidores, fãs… só ouvimos falar dele.

Leia também:  Telinha em Pauta: Sophia Abrahão comanda o The Voice Extras

Por isso, estamos com 99,9 % de certeza de que Jordan Smith é, com toda a justiça, o grande vencedor da nona temporada do The Voice americano e qualquer outro resultado será visto como uma absurda injustiça na história do reality.

Quem está feliz é Adam Levine, que ganha assim o seu terceiro título de The Voice.

Veja as apresentações de Jordan e perceba o quão bom é o rapaz

 

 

 

 

 




11 respostas para “Jordan Smith, o campeão da nona temporada do The Voice americano”

  1. Amei todas as apresentações do Jordan,e chorei quando ele cantou Aleluia.Quando vi sua primeira apresentação,eu me arrepiei e disse;Esse será o vencedor.Foi para quem torci toda a temporada.Parabéns Jordan.

  2. Jordan é FANTÁSTICO. O rapaz consegue cantar qualquer gênero de música com total controle, alcance de voz. Foi perfeito em todas as apresentações, o que já é uma raridade. Mereceu completamente a vitória.

  3. Jordan é realmente um bom cantor, mas teve o sucesso impulsionado pelos adeptos de música gospel. Não o imagino fazendo sucesso fora desse público. Espero estar errada e que dessa vez a Republic Records promova o vencedor após o programa. Para mim, o melhor The Voice ainda é o jovem prodígio Sawyer Fredericks, pois suas qualidades como artista transcendem sua belíssima e única voz. Em tão tenra idade, já está sendo reconhecido no meio musical como um grande compositor. Sua canção de amor “Forever Wrong”, que integra a trilha sonora do livro “The Magic Springs of Frankie Presto” é uma das mais bonitas já lançadas este ano. O autor do livro, Mitch Album, recentemente já deixou claro que, havendo filme do seu livro, quer a participação de Sawyer em toda a trilha sonora (https://twitter.com/MitchAlbom/status/667457666801901573?ref_src=twsrc%5Etfw). Sawyer também lançou recentemente seu EP “Sawyer Fredericks” com músicas de sua autoria, considerado pela crítica como de longe o melhor já lançado por qualquer vencedor do programa. E realmente, após escutá-lo, fica difícil escolher a melhor. Em janeiro, ele estará em turnê com uma de suas bandas favoritas, Langhorne Slim, que o escolheu para abrir seus shows após terem ficado profundamente impressionados com o cover de sua música “On The Attack” (https://www.youtube.com/watch?v=YfjIOIQq8Qg). Se ainda resta alguma dúvida de quão excepcionalmente talentoso é Sawyer, é possível baixar gratuitamente no wedemand a nova gravação de seu blues “Not My Girl”, feito quando ele tinha apenas 12 anos de idade (http://www.wedemand.com/sawyerfredericks?r=NT0H229).
    Para sorte do campeão Jordan, sua futura gravadora, Republic Records, finalmente começou a entender com o fenômeno Sawyer que precisa começar a investir nos campeões do The Voice para que eles continuem a fazer sucesso após a temporada haver acabado.

    • Mirian, respeito profundamente seu comentário e acho o Sawyer um cantor/compositor incrível, apesar de que não era o meu favorito na temporada passada, mas afirmar que o Jordan teve seu sucesso impulsionado pelos adeptos de música gospel é diminuí-lo como intérprete, pois nem são grade maioria na América. Jordan interpretou cantores como Sia (Chandelier), Beyonce (Halo), Adele (Set Fire to The Rain), Freddie Mercury (Somebody to Love), entre outros, que não são conhecidos como cantores gospel. Não sou cristão, não me identifico com música gospel e nunca torci tanto para um participante do The Voice como torci para o Jordan sagrar-se campeão, fiquei ontem assistido pelo canal Sony, ao vivo, sem legenda, sem entender nada do que era pronunciado no programa, apenas para ter a confirmação que esperei a temporada inteira. São dois cantores incríveis, há espaço para ambos.

      • Jorge. Agradeço pelo seu comentário respeitoso. Em nenhum momento disse que não havia espaço para ambos os cantores. E conforme você pode ver, os espaços deles realmente são muito diferentes. O que considero como grande diferença entre os dois é o fato de Sawyer ser um músico completo (canta, compõe e toca) e ainda muito jovem (16 anos). Considero a voz do Jordan muito boa, mas senti que cada interpretação dele foi levada para o lado da música gospel (muito embora várias músicas não fossem de compositores gospel), Se você verificar o FB dele, vai se dar conta que ele se assume como cristão, tem diversos apoiadores cristãos e não tem nenhum problema com isso. Além disso, discordo da sua assertiva de que a música gospel não é forte nos EUA. Prova disso é que a Billboard tem toda uma seção destinada só a essa espécie de música, denominada christian (http://www.billboard.com/charts/year-end/2015/christian-albums). O que talvez esteja ocorrendo é que você gosta dessa espécie de música e nem saiba, mas também não vejo isso como um problema. Mas, como dizem os americanos, “that’s isn’t my cup of tea”.

        • KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK MELHOR QUE O JRODAN? ce ta de sacanagem ne QUANDO ELE DOMINAR OS FALSETES E ALCANÇAR NOTAS QUE SAO ADQUIRIDAS COM A EXTENSAO VOCAL VOCE VOLTA AQUI E FALA BESTEIRA KKKKKKKKK como cantor e fraco mas como compositor pode melhorar! JORDAN O MELHOR DE TODAS AS TEMPORADAS CHORA MAIS!

  4. Jordan, além de muito talentoso com uma vez dos anjos sempre pareceu humilde em respeito aos demais concorrentes. Parabéns, Jordan!!!

  5. COM UM TECNICO MARAVILHOSO COMO ADAM LAVINE ESTE E UNS DOS MELHORES CANTORES QUE JA APARECEU NO THE VOICE ASSISTI TODOS MAIS ESTA 9 TEMPORADA FOI UMA DAS MELHORES PRODUTORES DO THE VOICE PARABENS ,JORDAN SMITH MARAVILHOSO

Deixe uma resposta