Telinha em Pauta: entrevista com Giovanna Antonelli
Televisão

Telinha em Pauta: entrevista exclusiva com Giovanna Antonelli

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Coluna da jornalista Camila Botto sobre tudo que acontece no mundo televisivo

Entrevista exclusiva com Giovanna Antonelli

Atena, a golpista desbocada de A Regra do Jogo, já rendeu título de melhor atriz de 2015 no Melhores do Ano e também tem feito a atriz Giovanna Antonelli rever seu figurino. “Sou uma pessoa que adoro pesquisar quando começo um trabalho. Sempre que vejo alguma coisa interessante mando uma foto para a Marie (Salles, figurinista da novela). Mas é claro que você também aprende a usar peças que eu tinha esquecido no meu guarda roupa, que com essa reutilização nova, você acaba aprendendo a revisitar o armário”, afirma.

A coluna bateu um breve papo com a atriz, entre uma e outra gravação, e ela fala sobre a experiência de trabalhar com João Emanuel Carneiro e Amora Mautner, elogia o parceiro de cena Alexandre Nero e conta como concilia a vida profissional com a pessoal.

Giovanna Antonelli

O João já escreveu vilãs poderosas e você é a da vez. Como foi construir a Atena?
Adoro criar o personagem, criar uma composição, sair do óbvio e do politicamente correto jeito de interpretar, gosto de ousar/arriscar, desde o figurino até os trejeitos. Atena é uma personagem com muitas tintas. Está sendo muito bom esse reencontro com o João.

Os vilões caíram no gosto do público nos últimos tempos. A que você credita isso?
Me dedico profundamente em todos os personagens que recebo. Eu gosto de trabalhar independentemente do papel. Gosto mesmo é de trabalhar.

Você é mãe de três filhos e uma das atrizes mais prestigiadas do país. Como faz para conciliar vida pessoal e profissional?
Me viro nos 30. Aproveito muito quando estou de férias com a família e aproveito muito meu trabalho nos momentos mais intensos. O equilíbrio se dá no dia a dia. Vou vivendo e curtindo cada momento.

A novela está só começando, mas como deseja que sejam os caminhos da Atena?
Eu não levanto bandeira para personagem. Faço o que o autor escreve.

Essa novela marca seu reencontro com Alexandre Nero. Como tem sido?

Giovanna Antonelli

Nero é um grande parceiro, trocamos e nos divertimos bastante em cena. Um presente trabalhar com ele. Grande ator. Generoso. E muito gratificante esse retorno do público.

Comentaram que você pegou trejeitos da Amora Mautner para a Atena…é isso mesmo?
A gente se inspira em quem admira. Com a convivência pedi licença e levei um pouco da espontaneidade dela para Atena. Amora é muito rápida e inteligente. Tem umas tiradas incríveis e engraçadas. Amo trabalhar com ela.

E como é trabalhar com o João Emanuel novamente?
Um prazer, uma alegria esse encontro.

Muito se fala em crise na audiência das novelas. Você, como atriz, sente esse peso? Enxerga isso de algum modo ou acredita ser consequência dos novos tempos com internet e serviços como Netflix?
Acho que sempre terá público para todo bom produto. E nossa arte de fazer é inesgotável.

Formada em jornalismo com pós-graduação em mídias digitais, Camila Botto é colunista do Cabine Cultural, editora-chefe do Feminino e Além e autora do livro Segredos Confessáveis.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta