Oscar 2016: O Regresso e Mad Max lideram indicações
Cinema

Oscar 2016: O Regresso e Mad Max lideram indicações, e animação brasileira corre por fora

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Logo Cultura PopColuna da jornalista Úrsula Neves sobre tudo que acontece no universo da cultura pop

Indicados ao Oscar 2016

O suspense chegou ao fim. A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood anunciou na manhã desta quinta-feira, dia 14 de janeiro, os indicados ao Oscar 2016.

O Regresso lidera com 12 indicações, incluindo ator para Leonardo DiCaprio, em sua sexta indicação ao Oscar, e melhor diretor Alejandro G. Iñárritu, que já venceu o prêmio no ano passado por Birdman. O Regresso foi o grande vencedor do Globo de Ouro. Mad Max: Estrada da fúria aparece como segundo favorito, concorrendo em 10 categorias, incluindo melhor filme e melhor diretor.

Perdido em Marte conquistou 7 indicações, mas o diretor Ridley Scott ficou de fora. O que já está sendo considerada uma das grandes ausências do Oscar deste ano. Ainda entre as ausências, chamou a atenção o fato do longa Carol não ter sido lembrado na disputa de melhor filme e diretor. O vencedor do Globo de Ouro de roteiro, Aaron Sorkin, também não foi indicado por Steve Jobs.

Uma das surpresas foi a indicação do brasileiro O menino e o mundo, de Alê Abreu, na categoria de animação.

A cerimônia do Oscar 2016 acontece no dia 28 de fevereiro. Vamos torcer pelo Brasil!

Confira a lista completa dos indicados ao Oscar 2016:

Melhor filme
“A Grande Aposta”
“Ponte dos Espiões”
“Brooklyn”
“Mad Max”
“Perdido em Marte”
“O Regresso”
“O Quarto de Jack”
“Spotlight”

Melhor ator
Bryan Cranston (“Trumbo”)
Matt Damon (“Perdido em Marte”)
Leonardo DiCaprio (“O Regresso”)
Michael Fassbender (“Steve Jobs”)
Eddie Redmayne (“A Garota Dinamarquesa”)

Melhor atriz
Cate Blanchett (“Carol”)
Brie Larson (“O Quarto de Jack”)
Jennifer Lawrence (“Joy”)
Charlotte Rampling (“45 anos”)
Saoirse Ronan (“Brooklyn”)

Melhor diretor
Alejandro G. Iñarritu (“O Regresso”)
Tom McCarthy (“Spotlight”)
George Miller (“Mad Max: A Estrada da Fúria”)
Adam McKay (“A Grande Aposta”)
Lenny Abrahamson (“O Quarto de Jack”)

Melhor animação
“Anomalisa”
“O Menino e o Mundo”
“Divertida mente”
“Shaun, o carneiro”
“Quando estou com Marnie”

Melhor filme estrangeiro
“Embrace of the Serpent” (Colômbia)
“Cinco Graças” (França)
“O filho de Saul” (Hungria)
“Theeb” (Jordânia)
“A War” (Dinamarca)

Melhor trilha sonora
“Ponte dos Espiões”
“Carol”
“Os 8 Odiados”
“Sicario”
“Star Wars”

Melhor roteiro adaptado
“A Grande Aposta”
“Brooklyn”
“Carol”
“Perdido em Marte”
“O Quarto de Jack”

Melhor roteiro original
“Ponte dos Espiões”
“Ex Machina”
“Divertida mente”
“Spotlight”
“Straight Outta Compton”

Melhor design de produção
“Ponte dos Espiões”
“A Garota Dinamarquesa”
“Mad Max”
“Perdido em Marte”
“O Regresso”

Melhor fotografia
“Carol”
“Os Oito Odiados”
“Mad Max”
“O Regresso”
“Sicario”

Melhor figurino
“Carol”
“Cinderela”
“A Garota Dinamarquesa”
“Mad Max”
“O Regresso”

Melhores efeitos visuais
“Ex Machina”
“Mad Max”
“Perdido em Marte”
“O Regresso”
“Star Wars”

Melhor montagem
“A Grande Aposta”
“Mad Max”
“O Regresso”
“Spotlight”
“Star Wars”

Melhor atriz coadjuvante
Jennifer Jason Leigh (Os Oito Odiados)
Rooney Mara (Carol)
Rachel McAdams (Spotlight)
Alicia Vikander (A Garota Dinamarquesa)
Kate Winslet (Steve Jobs)

Melhor ator coadjuvante
Christian Bale (A Grande Aposta)
Tom Hardy (O Regresso)
Mark Ruffalo (Spotlight)
Mark Rylance (Ponte dos Espiões)
Sylvester Stallone (Creed – Nascido para Lutar)

Melhor edição de som
“Mad Max”
“Perdido em Marte”
“O Regresso”
“Sicario”
“Star Wars”

Melhor mixagem de som
“Ponte dos Espiões”
“Mad Max”
“Perdido em Marte”
“O Regresso”
“Star Wars”

Melhor curta de animação
“Bear Story”
“Prologue”
“Sanjay’s Super Team”
“We can’t live without Cosmos”
“World of Tomorrow”

Melhor curta de live action
“Ave Maria”
“Day One”
“Everything will be okay (Alles Wird Gut)”
“Shok”
“Stutterer”

Melhor cabelo e maquiagem
“Mad Max”
“The 100-year-old man who climbed out the window and disappeared”
“O Regresso”

Melhor documentário
“Amy”
“Cartel Land”
“The Look of Silence”
“What Happened, Miss Simone?”
“Winter on Fire: Ukraine’s Fight for Freedom”

Melhor documentário de curta-metragem
“Body Team 12″
“Chau, beyond the lines”
“Claude Lanzmann: Spectres of the Shoah”
“A Girl in the River: The Price of forgiveness”
“Last day of freedom”

Melhor canção original
“Earned it” (“Cinquenta tons de cinza”)
“Manta Ray” (“Racing extinction”)
“Simple song #3″ (“Youth”)
“Writing’s on the wall” (“007 contra Spectre”)
“Til it happens to you” (“The hunting ground”)

 

 

Úrsula Neves fotoJornalista carioca, mãe do Heitor. Gestora de Comunidade & Gerente de Projetos do Digitais do Marketing. Repórter do site Cabine Cultural. Adora ler, assistir séries pelo Netflix, ir ao cinema e teatro, navegar pela internet e viajar acordada ou dormindo.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta