“Usar crianças fazendo covers de músicas de adulto não me parece uma fórmula nova e muito menos saudável”, diz Vander Lee em entrevista exclusiva
Entrevistas

Confira entrevista exclusiva com o cantor Vander Lee

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Vander Lee

Vander Lee

“Eu me inspiro basicamente no cotidiano, na forma como meus afetos se desenvolvem, como as coisas me tocam de alguma forma…”

Por Feminino e Além

Vander Lee chega a maioridade musical apresentando ao público seu nono disco intitulado 9. No trabalho, mescla jazz, pop e rock em canções que falam de família, relacionamentos, infância e amor. O projeto conta com participações para lá de especiais como o percussionista Marco Lobo e músicos da Orquestra Filarmônica de Minas Gerais.

Em entrevista ao site, o músico mineiro fala sobre o novo disco, revela planos para 2016, acredita que a música brasileira segue criativa e entrega momentos marcantes da vitoriosa carreira.

Teu novo disco mescla jazz, pop e rock e conta com diversos convidados especiais como o Rogério Boccato. Como chegou ao repertório deste trabalho?
A minha ideia era reunir minha banda pra gravar alguns sucessos meus que foram registrados somente em versões ao vivo. Durante o processo compus outras músicas e ainda incluí 4 canções minhas já haviam sido gravadas por outros artistas, mas que eu mesmo nunca havia gravado. Por tudo isso e também pela característica da banda, o disco é híbrido, bastante variado.

Queria também que falasse sobre os convidados especiais. Por que a escolha desses nomes?
O arranjador e produtor, Eneias Xavier tem uma pegada pop e jazzística e já é um grande parceiro, além de assinar a direção musical, arranjos e a produção do CD. Ele ainda trouxe o seu mestre norte americano John Patitucci para gravar duas canções, além de um quarteto de cordas da Orquestra filarmônica de MG, uma …


  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta