Economista Marcos Troyjo: crise no Brasil é foco do Roda Viva desta segunda
Notícias

Economista Marcos Troyjo: crise no Brasil é foco do Roda Viva desta segunda

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Marcos Troyjo

Marcos Troyjo

A crise brasileira e o cenário internacional estão entre os assuntos do próximo programa da TV Cultura, que vai ao ar na segunda-feira (29/2), ao vivo, às 22h

Sem dúvida alguma a crise econômica vem assustando cada vez mais a sociedade brasileira. Crescendo a olhos vistos, índices de inflação e desemprego vem tirando o sono da população.

Por isso, a edição desta segunda (29 de fevereiro) do programa Roda Viva se mostra mais que interessante, pois recebe o economista Marcos Troyjo, diretor do BRICLab da Universidade Columbia em Nova York – centro de estudos sobre os países emergentes conhecidos como Brics (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul).

Estão na pauta da entrevista a crise brasileira e as mudanças na conjuntura internacional. O programa vai ao ar ao vivo, às 22h, na TV Cultura, com apresentação de Augusto Nunes.

Marcos Troyjo
Graduado em ciência política e economia pela Universidade de São Paulo (USP), Marcos Troyjo é diplomata e doutor em sociologia das relações internacionais pela USP. É ainda integrante do Conselho Consultivo do Fórum Econômico Mundial, pesquisador do Centre d´Études sur l´Actuel et le Quotidien (CEAQ) da Universidade Paris-Descartes (Sorbonne), fundador do Centro de Diplomacia Empresarial e conselheiro do Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE).

Bancada
A bancada desta edição é formada por: Samantha Pearson, correspondente do jornal Financial Times no Brasil; Fernando Schuler, professor do Insper (Instituto de Ensino e Pesquisa), colunista da revista Época e articulista do jornal O Estado de S.Paulo; João Pedro Garcia Caleiro, editor de economia da Exame.

Com; Toni Sciarretta, jornalista especializado em finanças; e Márcio Kroehn, editor da revista Isto É Dinheiro.

Participa também da bancada como colaborador fixo do programa o cartunista Paulo Caruso.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta