Entrevista: Bel Kutner, que interpreta a escritora Hilda Doolitle na peça Hilda e Freud
Entrevistas

Entrevista: Bel Kutner, que interpreta a escritora Hilda Doolitle na peça Hilda e Freud

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Logo Cultura PopColuna da jornalista Úrsula Neves sobre tudo que acontece no universo da cultura pop

Entrevista Bel Kutner

Em cartaz atualmente na peça Hilda e Freud, onde interpreta a escritora norte-americana Hilda Doolitle, a atriz Bel Kutner concedeu entrevista a Coluna Cultura Pop e Etc. para falar da experiência de dar vida a uma personagem tão complexa.

Hilda Doolitle (1886 a 1961) era poetisa, romancista e memorialista americana conhecida por ser membro do grupo dos poetas imagistas, ao lado de Ezra Pound e Richard Aldington. A poetisa fez amizade com Sigmund Freud durante a década de 1930, e se tornou sua paciente com a finalidade de tentar entender e expressar sua bissexualidade. Ela acabou se tornando um ícone para os movimentos gay e feminista quando seus poemas, peças, cartas e ensaios foram redescobertos nas décadas de 1970 e 1980.

O espetáculo é baseado nos escritos de Hilda sobre os detalhes dos seus encontros com o psicanalista Sigmund Freud, que acabaram por torná-los médico/paciente em plena efervescência política de uma Viena sob a ascensão do Nazismo. O espetáculo permanece em temporada até o dia 27 de março, no Teatro Maison de France, no Centro do Rio de Janeiro. Leia a matéria completa sobre a peça Hilda e Freud aqui. 

A atriz Bel Kutner interpreta a poetisa Hilda Doolittle na peça Hilda e Freud no RJ (Fotos: Divulgação / Assessoria)

A atriz Bel Kutner interpreta a poetisa Hilda Doolittle na peça Hilda e Freud no RJ (Fotos: Divulgação / Assessoria)

Entrevista com a atriz Bel Kutner:

Coluna Cultura Pop e Etc.: Bel, o que mais a atraiu neste projeto?

Bel Kutner: Tudo! Uma forma diferente de processo de ensaio, as personagens, o momento histórico em que tudo se passa, tudo me atraiu.

Coluna Cultura Pop e Etc.: Como foi o processo de composição deste personagem? Você participou de algum laboratório?

Bel Kutner: Não, mas fiz psicanálise muito tempo, E estudei a vida e a obra dessa mulher fantástica que foi a Hilda.

Coluna Cultura Pop e Etc.: Quanto tempo durou a pesquisa e os ensaios? Qual foi a sua maior dificuldade ou desfaio em compor este personagem tão complexo?

Bel Kutner: A pesquisa sobre foi feita em várias etapas. Eu e o Antonio Quinet (diretor e ator que interpreta Freud no palco e que também é psicanalista) ficamos amadurecendo esse projeto por um ano. Ensaiamos em vários momentos com as leituras. Depois, fizemos encontros semanais até que por fim um processo mais intenso perto da estreia.

Coluna Cultura Pop e Etc.: De maneira a relação entre Freud e Hilda é abordada no espetáculo?

Bel Kutner: Do ponto de vista da Hilda, afinal o texto foi muito baseado no que ela escreveu sobre seus encontros e correspondência com Freud. A relação dos dois foi um encontro fundamental na vida de Hilda e em um momento muito forte na vida de Freud.

A atriz Bel Kutner interpreta a poetisa Hilda Doolittle na peça Hilda e Freud no RJ (Fotos: Divulgação / Assessoria)

A atriz Bel Kutner interpreta a poetisa Hilda Doolittle na peça Hilda e Freud no RJ (Fotos: Divulgação / Assessoria)

Coluna Cultura Pop e Etc.: Qual sua expectativa para essa temporada no Maison de France? Como está sendo a receptividade do público ao final de cada espetáculo?

Bel Kutner: Estou muito feliz com a receptividade. O teatro sempre cheio e o público caloroso! Temos feito debates depois da peça e é super interessante! O Teatro Maison de France tem uma tradição muito forte de bons espetáculos, Já tem seu público cativo. E o tema Sigmund Freud e a psicanálise também atrai muita gente. E o Quinet tem uma legião de fãs. Além de tudo ele merece!

Serviço
Espetáculo Hilda e Freud
Temporada até 27 de março
Dias e horários: Sex e sáb às 20h dom às 18h
Local: Teatro Maison de France – Av. Pres. Antônio Carlos, 58 – Centro, Rio de Janeiro
Bilheteria: De ter a dom a partir das 13h30
Ingressos: sexta R$ 60 (inteira) e R$ 30 (meia) / sáb e dom R$70 (inteira) e R$ 35 (meia)
Duração: 60 minutos
Gênero: Drama
Classificação: 12 anos
Capacidade do Teatro: 353 lugares

Úrsula Neves fotoJornalista carioca, mãe do Heitor. Gestora de Comunidade & Gerente de Projetos do Digitais do Marketing. Repórter do site Cabine Cultural. Adora ler, assistir séries pelo Netflix, ir ao cinema e teatro, navegar pela internet e viajar acordada ou dormindo.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta