Novo canal no YouTube explora cenas cotidianas em micro pílulas de humor
Comportamento

Novo canal no YouTube explora cenas cotidianas em micro pílulas de humor

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Logo Cultura PopColuna da jornalista Úrsula Neves sobre tudo que acontece no universo da cultura pop

Tipiko

Um novo canal no YouTube acaba de chegar a rede com a proposta de cativar o público com conteúdo de humor em minipílulas: o Típiko. Cansadas de encontrar estruturas similares em diversos canais de humor da internet, as idealizadoras do projeto, Ariane Guerra, Thais Kah e Vitoria Ferraz, decidiram apostar em uma nova tendência: vídeos de mini duração, com cerca de 60 segundos.

O projeto começou como uma experiência de liberdade criativa onde reproduziam e registravam, com um celular, cenas típicas cotidianas com um olhar cômico. Os episódios, em minipílulas, tratam de situações cotidianas com um humor suave e despretensioso, e geram reconhecimento imediato. Cenas tipicamente rotineiras ganham abordagens cômicas e se transformam em episódios com nomes autoexplicativos como “Saia justa com o paizão, “Natal na Firma”, “Pegando carona na ligação” e “A espera eterna pelo elevador”. O trio, responsável por todos processos de produção dos episódios como roteiro, atuação, captação e edição, enxergou, através do YouTube, uma possibilidade de colocar em prática as ideias sem precisar de um intermediário como a televisão para atingir o público.

Convencidas de que os longos vídeos ficariam cada vez mais ultrapassados devido a velocidade com que o fluxo de informações na rede funciona, decidiram testar o novo formato. Usando técnicas simples de gravação e gastando o mínimo possível, deram forma ao Típiko, que se hospedou no canal da produtora Banka durante cerca de um ano e agora, com o sucesso e a participação de diversos outros artistas, ganha um canal próprio e maior atenção das idealizadoras.

Tipiko

Tipiko

Apesar do formato de curta duração as criadoras e personagens do canal acreditam que os vídeos podem ser consumidos de acordo com a vontade do público. “A ideia é que a audiência possa escolher a forma com que consome as produções do canal. Tudo depende do tempo que a pessoa tem disponível, há quem fique mais de uma hora navegando entre as varias minipílulas, mas também existe a possibilidade de dar umas boas risadas em apenas poucos minutos”, explica Ariane Guerra, uma das responsáveis pela novidade.

Os episódios inéditos dos vídeos de mini duração vão para o ar às manhãs de quintas-feiras. O canal reúne ainda todas as edições anteriores da série, onde será possível encontrar desde o primeiro episódio. Os vídeos também ficarão disponíveis nas redes sociais e site do projeto.

Assista abaixo  a um dos vídeos do canal Tipiko:

 

Úrsula Neves fotoJornalista carioca, mãe do Heitor. Gerente de Conteúdo e de Projetos do Digitais do Marketing. Colunista convidada do Blog Eu, Ele e as Crianças. Adora ler, assistir séries pelo Netflix, ir ao cinema e teatro, navegar pela internet e viajar acordada ou dormindo. No Cabine Cultural possui a coluna Cultura Pop e ETC… sobre tudo que acontece no universo da cultura pop.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta