TV Cultura faz cobertura completa da votação do impeachment de Dilma Rousseff e JC Debate faz especial | Cabine Cultural
Notícias

TV Cultura faz cobertura completa da votação do impeachment de Dilma Rousseff e JC Debate faz especial

Dilma

Dilma

A emissora paulista terá boletins ao vivo, desde as 9h, e edição do Jornal da Cultura, a partir das 18h, com diversos comentaristas; JC Debate também será especial

Quarta-feira, dia 11 de maio, mais um dia história para a recente democracia brasileira. Neste dia, o Senado Federal votará a continuidade do processo de Impeachment da Presidente Dilma Rousseff. 

O Jornalismo da TV Cultura fará uma ampla cobertura sobre a votação. Durante sua programação, a emissora levará ao ar boletins ao vivo com os repórteres Leandro Magalhães e Ricardo Ferraz, que trarão os principais acontecimentos e desdobramentos do processo. Além disso, a emissora mostrará a repercussão nos principais estados do País.

Leia também:  Assista: Roda Viva desta segunda debate Brasília em Chamas

A partir das 18h, a TV Cultura transmite ao vivo o Jornal da Cultura Especial – Votação Impeachment. Apresentado por Willian Corrêa, o programa terá a participação de diversos comentaristas, incluindo o economista Alexandre Schwartsman; o cientista político José Alvaro Moisés; o economista Antônio Correa de Lacerda; o filósofo Luiz Felipe Pondé; o advogado e ex-deputado federal Airton Soares; o analista político Gaudêncio Torquato; o economista Ricardo Sennes; e o jurista Modesto Carvalhosa.

O Jornal da Cultura Especial será encerrado somente após o resultado do processo de impeachment.

JC Debate
Já o JC Debate acompanha o momento político e recebe dois especialistas, ao vivo, a partir das 12h30, com apresentação de Andresa Boni.

Leia também:  Veja: Roda Viva desta segunda discute o futuro da economia no Brasil com especialista

Os dois especialistas são:

Carlos Gonçalves Júnior, professor de Direito Constitucional e Eleitoral da PUC São Paulo (Pontifícia Universidade Católica) e membro da Comissão de Direito Constitucional da OAB SP (Ordem doss Advogados do Brasil), e  Christian Lohbauer, cientista político e membro do Grupo de Análise da Conjuntura Internacional da USP (GACINT), discutem, do ponto de vista jurídico, se a votação no Senado tem fundamento legal para pedido de afastamento da presidente Dilma Rousseff.




Deixe uma resposta