Entrevista com Flávia Alessandra, a Sandra de Êta Mundo Bom! | Cabine Cultural
Entrevistas Notícias Televisão

Entrevista com Flávia Alessandra, a Sandra de Êta Mundo Bom!

LogoColuna da jornalista Camila Botto sobre tudo que acontece no mundo televisivo

Entrevista com Flávia Alessandra

Loiríssima, batom forte e má, muito má. Esta é Sandra, vilã da atual novela das 18h da Globo, Êta Mundo Bom! Sucesso de audiência – média de até 30 pontos no Ibope – a trama de Walcyr Carrasco segue no ar até setembro.

Para falar um pouco sobre esse sucesso e fazer um balanço de sua personagem, a coluna conversou com Flávia Alessandra. Confira!

A Sandra é uma vilã de mão cheia. Só pensa em si e faz tudo por dinheiro. É isso mesmo?
Com certeza. A única intensão da Sandra é de se dar bem, e não importa mais nada. Ela faz qualquer coisa em qualquer situação.

Leia também:  Telinha em Pauta: cinebiografias estreiam no GNT em dezembro

Ela e Candinho estão namorando e devem se casar. Qual sua expectativa em relação a este inusitado encontro? Seria Sandra capaz de se apaixonar verdadeiramente?

Acredito que não! Todos os atos da Sandra são premeditados, ela realmente só pensa no dinheiro, na ambição.

Flavia Alessandra

Flavia Alessandra

Na caracterização, Sandra nos lembra outra grande vilã tua: Cristina, de Alma Gêmea. O que as une e o que as difere, na sua opinião?

A Sandra só ama a si própria, ela é mais objetiva, bem resolvida e usa a sensualidade para conseguir o que quer, já a Cristina era influenciada pela mãe, tinha um amor possessivo.

Mais um trabalho com Walcyr Carrasco. Como é esta troca?

Eu amo trabalhar com o Walcyr, é sempre muito incrível, a gente se diverte trabalhando.

Leia também:  Telinha em Pauta: novidades na Globo

Êta Mundo Bom é um sucesso de audiência. Você credita isto a uma história simples, com elementos de romance e comédia?

Sandra ( Flavia Alessandra ) vestida de noiva na loja de Emma ( Maria Zilda Bethlem ).

Sandra ( Flavia Alessandra ) vestida de noiva na loja de Emma ( Maria Zilda Bethlem ).

Com certeza. Êta Mundo Bom passa uma mensagem otimista, e com os tempos difíceis de hoje, é bom para se desligar um pouco da realidade. Além disso, também tem o figurino, cenário, que fazem o público voltar no tempo.

Como tem sido sua rotina? Acredito que dividir tempo entre gravações, filhos, marido é complicado.

Bem corrida!! Sempre que podemos, tentamos fugir um pouco, e curtir a família. Mas já chegamos até de combinar em se encontrar nos Estúdios Globo. (risos)

Você e Otaviano costumam conversar sobre trabalho ou deixem isso nos estúdios Globo?

Leia também:  Telinha em Pauta: Brau e Michele ganham programa de TV na terceira temporada de Mister Brau

Às vezes sim. Depende da situação. Às vezes o Otaviano me pede alguma dica, ou eu quero mostrar alguma cena da novela que achei legal.

Para fechar, queria saber um pouco da tua relação com Salvador e se já tem outros projetos além da novela.

Já fui a Salvador muitas vezes. Amo demais essa cidade e os soteropolitanos!! A maioria das vezes que fui, foi a trabalho, mas com certeza quero voltar para passear. Além da novela, tem um longa que ainda vai estrear, que eu rodei no final do ano passado.

Camila BottoFormada em jornalismo com pós-graduação em mídias digitais, Camila Botto é colunista do Cabine Cultural, editora-chefe do Feminino e Além, autora do livro Segredos Confessáveis e sócia da Dendê Cult Press.

Deixe uma resposta