Crítica: com Larissa Manoela, Maisa Silva e Cia, Carrossel - O filme tem exibição nesta terça no Cine Espetacular | Cabine Cultural
Notícias Televisão

Crítica: com Larissa Manoela, Maisa Silva e Cia, Carrossel – O filme tem exibição nesta terça no Cine Espetacular

Carrossel

Larissa Manoela e elenco

 

SBT exibe na noite desta terça-feira, dia 12 de julho, o bem sucedido filme que levou a história consagrada na tv para o cinema

Os fãs de Carrossel tem um encontro mais que especial marcado para esta terça, dia 12 de julho, no SBT. O filme Carrossel será exibido na sessão Cine Espetacular, às 23h15, prometendo agradar a todos os fãs da saga dos alunos mais queridos do Brasil.

A história – A turminha da escola mundial: Maria Joaquina (Larissa Manoela), Cirilo, Davi, Valéria (Maisa Silva) e seus amigos viajam para o acampamento Panapaná, acompanhados da diretora Olívia, Graça e Jurandir. Lá eles se divertem muito… Mas a chegada de Gonzales e Gonzalito, decididos a comprar o terreno para instalar uma fábrica, colocará toda garotada envolvida num plano para deter a malvada dupla!!

Leia também:  Programa Eliana deste domingo traz o “Beleza Renovada” com uma impressionante transformação

Crítica – Carrossel, o filme consegue ser divertido para quem é criança e um pouco nostálgico para quem já é adulto. Isto acaba sendo um trunfo do filme, que cá entre nós, nem precisava entregar uma obra-prima para ter o seu público fiel indo aos cinemas assistir a história dos meninos e meninas da Escola Mundial. E de fato não entrega: Carrossel traz no geral uma narrativa preguiçosa, bem clichê e sem correr riscos nenhum. Talvez realmente não seja necessário nada disso, pois neste caso bastava tão somente o bom feijão com arroz para garantir a felicidade da garotada.

Leia também:  Programa Eliana deste domingo cobre o casamento de Tiririca e exibe mais um “Rola ou Enrola?”

Falando dos personagens, dos nossos famosos personagens, os melhores, tanto da novela, quanto do filme, são, sem ordem: Maria Joaquina, Cirilo, Valéria, Davi e a Diretora da Escola. Claro que, mesmo tendo ai neste grupo alguns atores bem talentosos, e com muito futuro pela frente, é inegável que a versão mexicana é infinitamente mais poderosa. Nem precisa entrar no mérito de ser ou não melhor, a questão é que o original é (compreensivelmente) muito mais marcante. Mesmo Maisa Silva, que é de um carisma só, não chega perto do que um dia a Valéria foi.

A Maria Joaquina de Larissa Manoela é outra que, mesmo extremamente talentosa e carismática, não consegue ter aquela mesma força da menina loirinha mexicana.

Leia também:  Programa Eliana deste domingo é especial com Luisa Mell, defensora dos animais, e quadro “Força do Bem”

A história, simples, faz a criançada se divertir, por se verem em muitas das situações que a trama cria (romances, brigas, amizades…) e faz os mais grandinhos se lembrarem de uma época bem gostosa, quando ainda eram crianças e a única preocupação que possuíam era escolher o lanche certo para servir de acompanhamento pro que realmente importava, que era ver mais um capítulo da novela Carrossel.




Deixe uma resposta