Telinha em Pauta: confira os desfechos de Velho Chico | Cabine Cultural
Notícias Televisão Telinha em Pauta

Telinha em Pauta: confira os desfechos de Velho Chico

LogoColuna da jornalista Camila Botto sobre tudo que acontece no mundo televisivo

Final de Velho Chico

Após uma semana emocionante, com o uso da câmera em primeiro plano – substituindo Domingos Montagner -, Velho Chico chega ao fim amanhã na Globo.

Olívia (Giullia Buscacio) e Miguel (Gabriel Leone) terão o esperado – e manjado – final feliz. “Grávidos”, os dois vão morar em um casebre nas terras que o agrônomo herdou de Encarnação (Selma Egrei). Conhecido como “cemitério de sal”, o local representa um desafio para os pombinhos. Ecológicos, eles não vão medir forças para tornar o solo fértil e produtivo.

Com a morte de Domingos Montagner no último dia 15, Miguel ficará com a missão de levar adiante os sonhos de Belmiro (Chico Diaz) e capitão Rosa (Rodrigo Lombardi) no lugar do pai, Santo. Olívia terá as crianças após uma passagem de tempo de seis meses. Os gêmeos se chamarão Miro e Rosa. Depois, em nova passagem de tempo, essas crianças já aparecerão com cinco anos.

O casamento de Santo e Tereza promete emocionar ainda mais o público. A cena terá fogos de artifício, clipes com imagens da trajetória do casal e um discurso poético sobre o amor. Montagner não chegou a gravar essas cenas. Mas, com recursos dramatúrgicos e de edição, como a câmera subjetiva e flashbacks, o público sentirá a “presença” de Santo.

Beatriz (Dira Paes), por sua vez, vencerá a eleição para prefeita, e Bento (Irandhir Santos) vai se reeleger, arrastando ainda outros vereadores de seu partido para dentro da Câmara Municipal.

Camila Pitanga e Domingos em Velho Chico

Camila Pitanga e Domingos em Velho Chico

Sem peruca e com roupas normais, Afrânio (Antonio Fagundes) fará um acordo de delação premiada e revelará tudo o que sabe sobre o esquema de fraudes em licitações e desvios de recursos públicos. Ele também terá o esperado final feliz ao lado de Iolanda (Christiane Torloni).

Depois, após a primeira passagem de tempo, Afrânio surgirá no casamento de Tereza, levando a filha ao altar. Na última cena, o coronel vai almoçar com sua família e a Dos Anjos.

Depois de passar mais de uma semana vagando pelo rio no barco fantasma Gaiola Encantado, Martim (Lee Taylor), enfim, descobrirá que morreu. A bordo do barco, ele não vai acreditar no que está vendo: as famílias rivais Sá Ribeiro e Dos Anjos felizes e juntas em um almoço, com uma nova geração fruto dessa união brincando e correndo em volta de Afrânio.

O vilão Carlos Eduardo (Marcelo Serrado) terminará sozinho na fazenda de Afrânio e seu candidato perderá a eleição. Surpreendido com a delação do ex-sogro, vai fugir enlouquecido, mas acabará sem gasolina em uma estrada de terra. O deputado dará um jeito de comprar o jegue de um sertanejo. Após passar dias andando pela caatinga, perdido, terá alucinações e morrerá.

Velho Chico chega ao fim com média de audiência na casa dos 28,3 pontos (cada ponto equivale a 69 mil domicílios na Grande São Paulo). Após uma primeira fase empolgante, a novela se arrastou e – por ironia do destino – só voltou a emocionar e conquistar telespectadores após a trágica morte de Montagner.

Camila BottoFormada em jornalismo com pós-graduação em mídias digitais, Camila Botto é colunista do Cabine Cultural, editora-chefe do Feminino e Além, assessora do Teatro Castro Alves, autora do livro Segredos Confessáveis e sócia da Dendê Cult Press.

Deixe uma resposta