Crítica X Factor Brasil Desafio das Cadeiras Rick Bonadio: tinha tudo para ser o melhor episódio da temporada | Cabine Cultural
Notícias Televisão

Crítica X Factor Brasil Desafio das Cadeiras Rick Bonadio: tinha tudo para ser o melhor episódio da temporada

X Factor Brasil

X Factor Brasil – Cadê Cecília Militão no top 4?

 

E de fato foi, exceto pelas últimas escolhas do jurado da noite, Rick Bonadio, que deixou grande parte da audiência chateada; foi justo?

Parece que o X Factor Brasil enfim decolou. O programa desta segunda-feira, dia 10 de outubro, não foi um primor, porém melhorou consideravelmente em relação aos outros já mostrados, e enfim uniu emoção com qualidade de edição. Tudo funcionou bem, exceto as sempre questionáveis escolhas dos jurados.

No caso da noite desta segunda foi Rick Bonadio, que abriu a fase do Desafio das Cadeiras do X Factor, uma das mais emocionantes fases do programa mundo afora.

Essa dinâmica, que poderia até ser chata, caso os jurados não trocassem candidatos mesmo depois das cadeiras estarem completas, é uma das melhores entre os realitys musicais, e traz além de emoção, um sentimento de tudo ou nada para os candidatos que ficam no fim da fila. O que vimos esta semana, ao menos na segunda, foi um show de apresentações entre os últimos concorrentes do top 10 de Rick Bonadio.

Dez apresentações, algumas espetaculares, um sentimento de que agora o programa pegou de verdade e que tudo vai melhorar. Porém, todo este sentimento se foi quando Rick resolveu trocar duas das principais concorrentes desta primeira temporada do programa, Cecília Militão e Camila. Não que os candidatos que entraram não merecessem, pois mereciam muito. Estamos falando simplesmente de Rafael, um dos grandes nomes do X Factor Brasil, e Christopher, um dos queridos dos quatro jurados.

Se nós falamos aqui que Rafael e Christopher mereciam entrar, e que Cecília e Camile não mereciam sair, isto significa que entre os quatro escolhidos de Rick Bonadio duas outras candidatas estão sem necessariamente terem feito as melhores apresentações do top 10. Tamires e Pricila são boas cantoras e podem até se transformarem em estrelas desta edição, mas ficou um tanto claro, até mesmo para o público, que estas deveriam ter cedido suas vagas nas cadeiras para Cecília e Camile.

O programa perde um pouco de seu brilho, mas nada que impeça que ele reencontre já nesta quarta, com o top 10 de Di Ferrero.

Mas tirando esta bola fora de Rick Bonadio, o programa até que conseguiu provar que tem potencial para unir qualidade de edição, qualidade de candidatos e até qualidade nos feedbacks dos outros jurados. Paulo, Aline e Di Ferrero, talvez por não estarem pressionados, acabaram conversando melhor com os cantores, e deram alguns, poucos mas ainda assim alguns, toques e dicas bem interessantes para os concorrentes.

Nesta quarta o X Factor Brasil continua.

Conheça os 4 concorrentes de Rick Bonadio



4 respostas para “Crítica X Factor Brasil Desafio das Cadeiras Rick Bonadio: tinha tudo para ser o melhor episódio da temporada”

    • Camille e Cecília foram melhores nessa apresentação do que a Pricila e a Tamires! Uma pena elas terem saído.. Todas cantam demais, mas é evidente a preferência do Rick pela Tamires desde o primeiro programa!

      • Gente que isso!!! Tamires Alves fez uma apresentação impecável! foi aplaudida de pé pelo público! garota pobre da Cidade Tiradentes que nasceu com um dom nato, nunca fez aula de canto ou musica e não desafina, fora cantar em inglês lingua que ela também não fala!!! Ela está no lugar que merece estar!!! o resto é dor de cotovelo!!!

Deixe uma resposta