menu
O Erro: amor, sexo e juventude em best-seller recém lançado no Brasil | Cabine Cultural
Crítica literária Literatura Notícias

O Erro: amor, sexo e juventude em best-seller recém lançado no Brasil

Capa da versão brasileira - Foto: divulgação, Companhia das Letras.

Capa da versão brasileira – Foto: divulgação, Companhia das Letras.

Sucedendo “O Acordo”, primeiro livro da série, O Erro chegou ao Brasil neste 2º semestre de 2016, através da Editora Paralela, um dos selos do Grupo Companhia das Letras

Por Pedro Del Mar

Doses cavalares de sexo descritas em detalhes assustadoramente reais, drama amoroso entre jovens adultos e a rotina em uma Universidade norte-americana como pano de fundo. O tripé textual acima certamente parece com o enredo de alguma comédia romântica que você já viu, mas é sobre esta estrutura, nada inovadora, é verdade, que Elle Kennedy, escritora canadense, chega ao Brasil com o recém lançado “O Erro”, livro 2 da série “Amores Improváveis”.

Sucedendo “O Acordo”, primeiro livro da série, O Erro chegou ao Brasil neste 2º semestre de 2016, através da Editora Paralela, um dos selos do Grupo Companhia das Letras.

O livro, de 277 páginas, traz aos leitores a história de Logan e Grace, dois estudantes da Universidade Briar, nos Estados Unidos. As coincidências entre os 2 personagens centrais, no entanto, param por aí. Logan e Grace são personagens completamente opostos em quase tudo. E como já deu para perceber, é diante destas claras diferenças, aparentemente irreconciliáveis, que vai surgir uma história de amor e sexo, muito sexo!

Logan é um dos caras mais populares da Briar, veterano em seu 3º ano, não é fã dos estudos, mas é um dos craques do time de hockey, tão bom que constantemente é convidado para fazer testes em grandes times profissionais. Toda essa popularidade, aliada a beleza clássica de um atleta norte-americano e o seu despojado estilo de vida, fazem de Logan um dos caras mais desejados da Universidade. E ele, é claro, corresponde ao interesse. Difícil achar alguma mulher na Briar que Logan não tenha transado. Mas apesar de todos esses estereótipos, atleta, popular e pegador, Logan, como o leitor irá descobrir progressivamente, não é o babaca que inicialmente pode-se deduzir. Logan tem problemas (graves!) e está cansado dessa vida de curtição. Ele só não esperava que seria uma caloura, tímida e “cdf”, que iria tirá-lo dessa vida.

Grace é uma garota comum, filha de pais divorciados de classe média, estudiosa e que sempre teve uma vida tranquila e regrada. Caloura, tudo na Briar é novidade para Grace, menos Ramona, companheira de quarto no alojamento da Universidade, sua melhor amiga desde a infância. Quando o assunto é sexo e namoro, o leitor não demora a perceber a inexperiência de Grace. Virgem, mas não santa, Grace já teve seus momentos quentes com alguns rapazes do colégio, mas nada que lhe fizesse sentir à vontade para ir até o fim. Isso não a impede, é claro, de imaginar certas coisas com certos rapazes da Briar, especialmente com o famoso John Logan…

A autora, a canadense Elle Kennedy.

A autora, a canadense Elle Kennedy.

Como pode-se ver, o encontro nada provável de Logan e Grace é a locomotiva que conduz o enredo criado por Kennedy. Durante quase 300 páginas, Kennedy usa e abusa de diálogos longos, bem construídos e despojados, usando gírias, palavrões e descrevendo atitudes típicas, procurando ambientar o leitor ao universo jovem dos personagens. Ao contrário da maioria dos livros que abordam temáticas e histórias semelhantes, especialmente aqueles voltados para adolescentes, Elle Kennedy não poupa o leitor de descrições reais e detalhadas de cenas e diálogos de sexo. Cada movimento, sussurro, gemido e provocações ditas são descritos por Kennedy com fidelidade máxima – Sim, impossível não lembrar de 50 Tons de Cinza -.

Mas nem só de sexo e a boa vida de jovens universitários vive o enredo. No processo de imersão, o leitor é apresentado as agruras dos personagens centrais e secundários. Infidelidade da melhor amiga, pai alcoólatra, falta de dinheiro, pressão da faculdade, paixão pela namorada do melhor amigo e desistência de sonhos, esses são alguns dos componentes dramáticos que recheiam e permeiam a trama central. Em meio a tudo isso, Logan e Grace vão se conhecendo e as diferenças, tão claras no início, vão se desfazendo. Será mesmo?

Bom, para quem gosta do combo: sexo + drama + universo jovem, é uma boa pedida descobrir o fim desta história.

Livro: O Erro
Autor (a): Elle Kennedy
Editora: Paralela/Companhia das Letras
Páginas: 277
Ano: 2015 (lançado no Brasil em 2016)
Preço: R$ 27 – 35

Avaliação do Cabine Cultural: 7

 Pedro Pedro Del MarDel Mar, baiano, 25 anos, repórter e colunista. Um curioso nato que procura enxergar o mundo sem as velhas e arranhadas lentes do estabilshment. Acredita que para todo padrão comportamental há interessantes exceções que podem render boas histórias.

Deixe uma resposta