menu
Crítica Esquadrão Suicida: Arlequina e a personalidade mais submissa de todas | Cabine Cultural
Cinema Críticas Notícias

Crítica Esquadrão Suicida: Arlequina e a personalidade mais submissa de todas

Esquadrão Suicida

Esquadrão Suicida

Direção e roteiro de David Ayer. Elenco com: Will Smith, Margot Robbie, Jared Leto, Joel Kinnaman, Viola Davis, Jai Courtney, Karen Fukuhara, Jay Hernandez, Adewale Akinnuoye-Agbaje, Ike Barinholtz, Scott Eastwood, Cara Delevingne. Baseado nos personagens de DC Comics

Por Gabriella Tomasi

O filme começa no momento em que “Batman Vs Superman – A Origem da Justiça” termina. Tentando evitar que todos os eventos deste filme voltem a acontecer, Amanda Waller (Viola Davis) propõe um plano ao governo americano de juntar os “piores dos piores” vilões para combater….forças sobrenaturais?

Assim, ela seleciona o Pistoleiro (Will Smith), Arlequina (Margot Robbie), Diablo (Jay Hernandez), Magia (Cara Delevingne), Crocodilo (Adewale Akinnuoye-Agbaje), Bumerangue (Jai Couryney) junto ao melhor soldado dos Estados Unidos Rick Flag (Joel Kinnaman – e sim, obviamente o sobrenome significará bandeira) e Katana (Karen Fukuhara) para formar o então Esquadrão Suicida.

Alguns pontos dos filmes funcionaram bem, como o figurino e a maquiagem que são ótimos e os efeitos visuais que foram bem feitos, com ressalva para a cena final da personagem Magia, que ficou muito computadorizada e dá uma impressão artificial.

Ainda assim, o roteiro é problemático. O primeiro ato começa muito longo, muitas informações ao mesmo tempo. Ou seja, o filme demora muito… Continua a leitura



Deixe uma resposta