menu
Filmado no bairro do Curuzu, em Salvador, videoclipe de Nara Couto tem lançamento esta semana | Cabine Cultural
Agenda Música Notícias

Filmado no bairro do Curuzu, em Salvador, videoclipe de Nara Couto tem lançamento esta semana

Nara Couto - Divulgação

Nara Couto – Divulgação

Canção intitulada Linda e Preta é uma composição de Jarbas Bittencourt; videoclipe tem direção de Lázaro Ramos e Elísio Lopes Jr

Nesta quarta-feira, dia 9 de novembro, a cantora Nara Couto lançará a canção Linda e Preta, do compositor Jarbas Bittencourt. O evento acontece Katuka Africanidades (Praça da Sé), no dia 09 de novembro, às 18h. Além de acompanhar um pocket show, o público vai poder conferir em primeira mão o videoclipe dirigido pelo ator Lázaro Ramos e pelo conceituado Elísio Lopes Jr, gravado nas ruas do emblemático bairro do Curuzu.

Linda e Preta, que pelo próprio nome já dá para perceber, canta a beleza da mulher negra brasileira, e traz elementos do jazz, referências sonoras africanas e um toque percussivo bem baiano, com arranjo assinado por Jorge Solovera.

Nara Couto - Divulgação

Nara Couto – Divulgação

Linda e Preta
Linda e Preta é o primeiro single de Nara Couto, que usa da música um instrumento para afastar os estereótipos em torno das mulheres negras. Segundo a artista, “a canção convoca às mulheres negras a falarem por si, protagonizem suas histórias”. As imagens mostram a cantora como uma representante da força edas belezas afrodescendente que percorrem as ruas do bairro mais negro da América Latina.

Nara Couto
Cantora de timbre mezzosoprano, que começou sua carreira como bailarina. Especializada em dança afro contemporânea, atuou por muitos anos no Balé Folclórico da Bahia, onde obteve a formação rítmica e o entendimento da música africana. Depois teve uma longa trajetória dançando para artistas como Daniela Mercury, Ivete Sangalo, Margareth Menezes entre outros, após nove anos de palcos como bailarina, começou a atuar como vocalista, mesclado seu entendimento rítmico, com a preparação vocal.

Nessa estrada cantou com artistas baianos como Daniela Mercury, MagaryLord, Mateus Aleluia, até ingressar como vocalista da Orquestra Afrosinfônica, onde atua há seis anos, investigando o canto e a sonoridade africana aplicada a diferentes contextos.

SERVIÇO
Lançamento: dia 09 de novembro (quarta-feira), às 18h
Local: KatukaAfricanidades (Praça da Sé – Centro Histórico)
Ingresso: Gratuito

PROGRAMAÇÃO
às 18h, pocket show de 30 minutos
O clipe estará disponível a partir das 19h30 no Youtube



Deixe uma resposta