menu
Crítica X Factor Brasil: Miguel e Naomi são eliminados em decisão questionável | Cabine Cultural
Críticas Notícias Televisão

Crítica X Factor Brasil: Miguel e Naomi são eliminados em decisão questionável

X Factor Brasil

X Factor Brasil

Programa teve participação mais que especial de Anitta, que cantou não uma, nem duas, mas três músicas nesta quarta

Nesta quarta-feira, dia 9 de novembro, o X Factor Brasil foi novamente apresentado ao vivo com edição especial de eliminação. O programa, que teve a participação mais que especial de Anitta, que dominou o X Factor na primeira parte, foi bastante interessante e a dinâmica está cada vez melhor.

Fernanda Paes Leme já domina o reality como poucas. Com graça, beleza e muita simpatia, Fernanda foi até agora a única escolha que não podemos contestar nenhum pouco. Se os jurados podem ser questionados, e justamente, a apresentadora tem sido, desde o início, o grande destaque do programa.

Sobre a eliminação desta semana:

Os candidatos
Cristopher
(salvo pelo voto popular): Merecido, o melhor da noite de segunda-feira.
Naomi (uma das menos votadas, vai ter que cantar novamente).
Heloá (uma das menos votadas, vai ter que cantar novamente).
Jenni (salva pelo voto popular): Se formos julgar pela sua apresentação, foi injusta a sua permanência. Mas ela é uma das melhores desta temporada.
Diego (salvo pelo voto popular): uma das maiores injustiças do programa, como diz Rick Bonadio, lhe falta voz para ser cantor.
Miguel (eliminado por ser o menos votado): injusto por um lado, mas compreensível.
Conrado (salvo pelo voto popular): já era esperado pela sua popularidade, mas ele está bem abaixo dos três candidatos que ficaram.
Ravena (salvas pelo voto popular): justo, era mais que esperado. Elas têm tudo para chegar à final.

Heloá x Naomi
As duas cantoras de Alinne Rosa então disputaram a última vaga do top 6. Heloá tem muito mais condições de chegar longe, e é uma cantora já pronta, enquanto Naomi ainda está em uma crescente, porém é bem mais jovem e pop.

O top 8 do X Factor Brasil prova que deixar a decisão para o público tem este efeito colateral: nem sempre os melhores irão passar. Por um lado isto é bom, porque o programa é sobre popularidade, mas por outro é ruim, porque estas votações muitas vezes não são feitas de forma natural.

Heloá cantou Tim Maia e pela primeira vez na fase ao vivo tivemos um erro técnico grandioso, que atrapalhou e muito a sua apresentação. Ainda assim, ela foi bem, muito mais introspectivo que as suas apresentações normais, que são bem explosivas. Merece ficar.

Naomi cantou Metallica e mostrou que não deve nada para nenhum dos outros participantes. Escolha ótima, uma apresentação sólida, que merecia, porém é quase certo que ela será a segunda eliminada da noite.

A eliminada
Como era esperado, Naomi deixa o programa.



Deixe uma resposta