menu
Crítica Doutor Estranho: mais um típico sucesso da Marvel, com direito a duas cenas bônus ao final | Cabine Cultural
Cinema Críticas Notícias

Crítica Doutor Estranho: mais um típico sucesso da Marvel, com direito a duas cenas bônus ao final

Doutor Estranho

Doutor Estranho

Direção de Scott Derrickson. Roteiro de C. Robert Cargill e Scott Derrickson. Baseado em Doutor Estranho de Stan Lee e Steve Ditko. Elenco com: Benedict Cumberbatch, Chiwetel Ejiofor, Rachel McAdams, Benedict Wong, Michael Stuhlbarg, Benjamin Bratt, Mads Mikkelsen, Tilda Swinton

Por Gabriella Tomasi

Mais uma produção da Marvel Comics, Dr. Stephen Strange é um neurocirugião que inúmeras vezes insiste em se autoafirmar como o melhor médico já existente. Produto de uma mistura de Dr. House e 007, ele é um personagem arrogante, egoísta e ambicioso, sempre aceitando novos desafios para se superar na medicina.

Acreditando também ser invencível, tudo muda quando ele sofre um acidente, enquanto analisava documentos médicos, apenas para perder os movimentos do único instrumento que o identificava na vida: suas mãos. Assim, busca incessantemente por alternativas para achar uma cura. Mesmo teimoso e cético, Stephen Strange encontra-se compelido a ir a Katmandu, para um tratamento espiritual, como sua última esperança.

Esse filme é um belo exemplo de como a tecnologia CGI e 3D funcionam perfeitamente bem na profundidade de campo.  Lá, a Anciã (Swinton) o apresenta a um mundo completamente diverso da sua realidade, o Multiverso, um conjunto de mundos alternativos em uma viagem psicodélica de sua aura espiritual, composto por um ambiente de… continua a leitura



Deixe uma resposta