Crítica: final do The Voice americano tem dois favoritos - Wé MacDonald e Billy Gilman | Cabine Cultural
Crítica televisão Notícias Televisão

Final do The Voice americano tem dois favoritos

Final do The Voice

Final do The Voice

Pela primeira vez em anos temos dois favoritos ao título e não somente um; final promete ser mais emocionante que as edições passadas

A noite desta terça-feira será marcada como a noite em que os Estados Unidos conheceram o 11º vencedor do reality musical The Voice. A disputa, entre quatro candidatos, tem representantes de três dos técnicos, com Miley Cyrus ficando de fora.

Quatro são os finalistas, mas somente dois são os favoritos: Wé Macdonald e Billy Gilman. Quer dizer, somente não, afinal de contas as últimas edições do The Voice foram marcadas pelo fato de um candidato já sair vencedor desde a fase das blind. Só lembrar o último campeão (duas temporadas atrás), Jordan Smith, que venceu o reality no exato momento em que se apresentou pela primeira vez, cantando a icônica música de Sia, Chandelier. E a última campeã, da temporada passada, Alisan Porter, que também venceu o programa no dia que pôs os pés lá.

Leia também:  Sundance Head é o campeão da 11ª temporada do The Voice americano

Wé Macdonald espantou o mundo do entretenimento com a sua voz poderosa, cantando, e a sua voz meiga e até mesmo frágil, falando. Ela desde o momento em que apareceu na blind se tornou uma favorita ao título, não somente pelo seu grandioso talento, mas também pela sua idade, e sua história.

O título seria facilmente dela, exceto pelo fato de existir…

Billy Gilman.

Billy conseguiu equiparar-se com Wé em todos os quesitos. Espantou os jurados com o seu talento, possui uma história digna de campeão, e que muito se parece com a última vencedora, Alisan.

Os dois são incrivelmente talentosos. Wé, mais jovem, tem um futuro brilhante pela frente, sobretudo por estar ao lado de Alicia Keys, a melhor mentora possível para ela.

Leia também:  Mylena Jardim é a campeã da 5ª temporada do The Voice Brasil

Billy teve um passado de glória e agora busca redenção. Seu técnico, Adam Levine, já tem experiência com este tipo de candidato, afinal, Jordan Smith saiu de sua equipe.

Wé Macdonald x Billy Gilman, quem vai ganhar?

Agora, caso nenhum deles vença, podem acreditar: o fim do mundo está próximo!


Deixe uma resposta