Crítica: Cinema Especial da Globo exibe comédia Juntos e Misturados nesta quarta
Notícias Televisão

Crítica: Cinema Especial da Globo exibe comédia Juntos e Misturados nesta quarta

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Juntos e Misturados filme

Juntos e Misturados

Filme inédito na televisão aberta mostra um reencontro às cegas; filme tem exibição nesta quarta, 21 de dezembro

A programação especial de fim de ano da Rede Globo ataca novamente. Desta vez na quarta-feira, dia que tradicionalmente é exibido futebol, mas que nesta quarta será mostrado um filme mais que especial. A comédia inédita Juntos e Misturado será exibida no Cinema Especial.

O filme – A história gira em torno de Jim (Sandler) e Lauren (Barrymore), que, após um encontro às cegas desastroso, torcem para que nunca mais voltem a se ver. Porém, o destino prega peças e quando Jen (Wendi McLendon-Covey), a sócia de Lauren, desiste de uma viagem à África, surge à chance para que Lauren possa ir em seu lugar, com seus dois filhos, Brendan (Braxton Beckham) e Tyler (Kyle Red Silverstein). O que ela não esperava era que o namorado de Jen fosse o chefe de Jim, que também viu na desistência uma forma de viajar com suas três filhas. Resumindo, Jim e suas três filhas encontram Lauren e seus dois filhos em um hotel na África, tendo que dividir as mesmas dependências durante uma semana.

A crítica
Apesar da premissa não ser nada genial, é interessante a quantidade de detalhes e condições que fazem ao final os dois terem que viver praticamente juntos por uma semana num país exótico e tão distante. Tudo bem que cabe a nós desconsiderar as enormes coincidências e entrar na história de cabeça, essa decisão fará a experiência com o filme ser bem melhor. Não podemos desconsiderar, entretanto, a apática introdução da história, quando os dois se encontram pela primeira vez. Diálogos fúteis, bobos e pouco engraçados, buscando dar a ideia de que nenhum dos dois estava curtindo aquele encontro. Era mais que visível, não precisava levar ao extremo uma situação que poderia ser conduzida com mais sutileza e graça.

Porém, com a mudança de ares (sai Estados Unidos e entra África) a história passa a entregar mais situações de humor, além de, aos poucos, ir entrelaçando as vidas dos dois protagonistas, fazendo-os perceberem o quão parecido eles são e como eles se completam. Explico: o roteirocontinua a leitura


  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta