Raízes na Globo: conheça 8 grandes impérios africanos | Cabine Cultural
Notícias Séries Televisão

Especial Raízes na Globo: conheça 8 grandes impérios africanos

Roots - Imagem: Canal History Divulgação

Roots – Imagem: Canal History Divulgação

As histórias de um continente de passado ilustre foram escondidas durante séculos com o subdesenvolvimento imposto pelas invasões europeias

Na noite desta sexta-feira, dia 13 de janeiro, vai ao ar o episódio final da minissérie Raízes, que a Rede Globo vem exibindo desde a semana passada. A trama, que centra-se em temas como escravidão, preconceito e luta pela liberdade, foi aclamada pela crítica por onde passou e grande parte da audiência da emissora vem dando um respaldo muito positivo na audiência da minissérie.

Quando a série estreou no país, na metade de 2016, no canal fechado History, a produção criou uma série de especiais sobre a temática, e dentre estes especiais, um que chama bastante atenção: os grandes impérios africanos.

Veja:

Conheça 8 grandes impérios africanos
O continente africano tem um passado exuberante, muito além das civilizações do Egito e Cartago. Grandes impérios ali floresceram na era antes de Cristo, na idade média e nos séculos seguintes. Por vários motivos declinaram: guerras civis, fragmentações políticas ou pela chegada dos colonizadores. O imperialismo, aliás, submeteu vários povos e dividiu o continente. Essa “partilha” misturou etnias e grupos inimigos, além de interferir nas práticas religiosas e na própria liberdade dos povos.

Leia também:  Tela Quente desta segunda exibe a ação Busca Implacável 3, com Liam Neeson

Mas o que havia antes dos invasores, que chegavam em busca de escravos e outras riquezas, como o ouro?

Sociedades tribais organizadas e complexas tinham seus sistemas políticos, econômicos, de crenças e línguas. Uma das cidades, no Império do Mali, era comparada a Paris. Muitas não deixaram vestígios, pois eram baseadas em tradições transmitidas oralmente. Em outros casos, as evidências históricas que restaram foram retiradas de seus locais de origem e passaram a habitar os grandes museus do mundo, como Louvre, em Paris, e o British Museum, em Londres…Continua a leitura

UCI OrientCinemas



Deixe uma resposta