Uma ode ao jazz e ao cinema, La La Land tem 14 indicações ao Oscar e deve vencer a maioria | Cabine Cultural
Cinema Notícias Oscar

Uma ode ao jazz e ao cinema, La La Land tem 14 indicações ao Oscar e deve vencer a maioria

La La Land

La La Land

Com 7 indicações e 7 prêmios no Globo de Ouro, filme bate recorde também em número de indicações ao Oscar

Antes de qualquer coisa, uma constatação óbvia: La La Land é um filmaço, daqueles que se vale a pena pagar o ingresso no cinema, independente de quanto custe. O filme, que é uma ode ao jazz, à música, ao cinema e à cidade de Los Angeles, vem tendo a receptividade que merece nesta temporada. Vem ganhando tudo!

La La Land: Cantando Estações é um dos filmes mais bem-sucedidos da temporada e por isso foi o líder de indicações ao Oscar, com 14, se igualando aos recordes de “Titanic” e “Eva”, que até agora eram os dois filmes com o maior número de indicações ao prêmio.

Indicações
Entre as categorias em que “La La Land: Cantando Estações” concorre estão: Melhor Canção Original, com as canções “Audition (The Fools Who Dream)” e “City Of Stars” Melhor Trilha Sonora, Melhor Filme, Melhor Diretor, Melhor Roteiro Original, Melhor Ator (Ryan Gosling) e Melhor Atriz (Emma Stone).

A trilha sonora de Justin Hurwitz também levou o prêmio no Globo de Ouro. Aliás, o filme conquistou recentemente 7 Globos de Ouro, entre eles o de Melhor Canção Original para “City of Stars”, interpretada pelo ator Ryan Gosling e venceu em todas as categorias nas quais fora indicado.

O que merece vencer?
Bem, pergunta difícil, mas certamente há enormes chances de vencer na principal categoria, a de filme do ano. Outra aposta certa é Emma Stone, que está maravilhosa como a atriz Mia, que luta por anos para ver a sua carreira de atriz decolar em Hollywood. Ryan Gosling é outro que pode vencer, mas ai a disputa já é bem mais acirrada.

A canção original, “City of Stars”, interpretada pelo ator Ryan Gosling, também é uma aposta certeira. Enfim, se novamente La La Land vencer tudo, não será injusto e muito menos um absurdo. Será merecido. Pois é um filmaço!

UCI OrientCinemas

Deixe uma resposta