Crítica Jackie: uma homenagem sincera e um olhar humano à personagem | Cabine Cultural
Cinema Críticas Notícias Oscar

Crítica Jackie: uma homenagem sincera e um olhar humano à personagem

Jackie

Jackie

Dirigido por Pablo Larraín. Roteirizado por Noah Oppenheim. Elenco: Natalie Portman, Peter Sarsgaard, Greta Gerwig, Billy Crudup, John Hurt

Por Gabriella Tomasi

O ex-presidente dos Estados Unidos John F. Kennedy exerceu seu mandato durante os anos de 1961 a 1963, ou seja, um pouco menos de 3 anos, antes de seu assassinato por dois disparos em meio à uma visita política com sua esposa, para a sua campanha de reeleições. Justamente por ter sido um evento público e, portanto, televisado ao vivo na época, a morte de John Kennedy ganhou alta repercussão e foi um choque para a sociedade norte-americana. Ao longo dos anos, muito tempo se falou e comentou sobre sua trajetória e seu falecimento repentino, mas até o presente momento, o impacto desses eventos nunca fora exposto (como agora) através da intimidade de Jacqueline (Jackie) Kennedy.

Como todos devem saber ou saberão a partir da reconstrução dos eventos no filme, Jackie (Portman) estava presente no carro que percorria a visita comitiva e, portanto, presenciou de perto (literalmente) o brutal assassinato de seu marido. Dessa forma, o longa faz um inédito e instigante estudo sobre a personagem-título e como os eventos subseqüentes impactaram sua vida, especialmente pelo fato de Kennedy ter sido uma figura política… continua a leitura


Deixe uma resposta