Quem vai ganhar o Oscar 2017? Saiba aqui
Cinema Notícias Oscar

Quem vai ganhar o Oscar 2017? Saiba aqui quem serão os vencedores

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Oscars 2017

Oscars 2017

“La La Land é o incontestável favorito e acredito que possui 90% de chances de ser o grande vencedor do ano. Ele vem sendo bastante elogiado, bastante premiado em vários outros eventos”

Por Gabriella Tomasi

No próximo domingo, dia 26 de fevereiro de 2017, acontecerá a 89ª cerimônia dos Prêmios Oscar da Academia. O evento final e mais esperado para todas as categorias e seus respectivos candidatos está se aproximando.

Na edição passada, infelizmente, a Academia fora duramente reprimida por não mostrar diversidade étnica e cultural em suas escolhas de candidatos, assim como de vencedores. Desta vez, como veremos a seguir, seus julgadores tentaram compensar esse erro no corrente ano e, deste modo, demonstrar mais inclusão na distribuição de seus troféus e nomeações.

Os favoritos de 2016 de todos os especialistas e profissionais que compõem a bancada da Academia deixaram bem claro quais são eles, o que facilita muito nossas apostas. Porém, não quer dizer que possivelmente teremos surpresas ao longo da premiação. Confiram conosco nossos palpites sobre os vencedores nas principais categorias.

Melhor Filme
La La Land (leia crítica aqui) é o incontestável favorito e acredito que possui 90% de chances de ser o grande vencedor do ano. Ele vem sendo bastante elogiado, bastante premiado em vários outros eventos, inclusive em terras estrangeiras como os BAFTA. Apesar de ser um filme merecedor de prestígio, por que ele se destaca dentre os demais filmes, sendo que os demais possuem um contexto social e étnico muito mais relevante como Moonlight, Estrelas Além do Tempo (leia crítica aqui) e até Lion: Uma Jornada para Casa (leia crítica aqui)? Fácil. A Academia simplesmente adora filmes metalingüísticos e nostálgicos, que falam sobre Hollywood, e por isso, não foi à toa que O Artista em 2012 ganhou o prêmio a mesma categoria. E para os seus membros, essa característica já os agradam o suficiente para que se possa levar a estatueta.

La La Land

La La Land, o grande favorito da noite do Oscar

Quem possui maiores chances, talvez, de virar o jogo e roubar o troféu de La La Land é Moonlight: Sob a Luz do Luar, que também vem encantando críticos e tem uma história forte e extremamente impactante, além de ser considerado um filme bem feito. O filme conquistou inúmeros prêmios mundiais, inclusive o Globo de Ouro de Melhor Filme Dramático.

Mas será que é o suficiente para derrotar o seu principal rival? Possivelmente não, mas com certeza é um candidato a ficar de olho.

Melhor Diretor
Nesta categoria, Damien Chazelle, o diretor de La La Land, é o favorito. Com apenas 32 anos de idade, o cineasta já demonstrou competência e maturidade desde o seu último longa Whiplash. De fato, o seu trabalho em La La Land é criativo e chama atenção pelos inúmeros recursos visuais e narrativos empregados, e ainda pela sua escolha em filmá-lo em CinemaScope. Já se mencionou a possibilidade de Dennis Villeneuve (A Chegada) ou até Barry Jenkins (Moonlight) levarem o prêmio ao invés dele. Porém, Chazelle vem conquistando os principais prêmios que garantem a vitória no Óscar como: Critic’s Choice, Globo de Ouro, BAFTA, mas principalmente por vencer no Sindicato dos Diretores.

Melhor Ator
Quem está chamando a atenção para uma possível vitória certamente é Casey Affleck, por Manchester à Beira-Mar (leia crítica aqui) e também é a aposta de vários especialistas. Os demais candidatos Ryan Gosling (La La land), Andrew Garfield (Até O Último Homem) e Viggo Mortensen (Capitão Fantástico) merecem a nomeação, mas possuem reduzidas chances. O principal rival do irmão de Ben Affleck, no entanto, é Denzen Washington por sua atuação excepcional em Um Limite entre Nós.

+ Tudo sobre o Oscar

A disputa está bem acirrada entre os dois concorrentes. Enquanto Casey Affleck possui uma quantidade maior de prêmios do que o seu rival, sendo vitorioso em conquistar o BAFTA, Critic’s Choice e Globo de Ouro, Denzel venceu aonde exatamente deveria ganhar: no Sindicato dos Atores (SAG Awards). É extremamente importante acompanhar os ganhadores do seu respectivo Sindicado, pois ele é o principal termômetro dos vencedores do Óscar. Nos últimos quatro anos, a premiação na categoria de Ator Principal do SAG Awards não divergiu do resultado posterior do Óscar. Isso significa que o vencedor está determinado? Não. A Academia pode ainda surpreender todos.

Ainda assim, quem teria mais chances? Denzel Washington. Quem poderá ainda roubar a noite? Casey Affleck.

Jackie

Jackie

Melhor Atriz
Nesta categoria a favorita é Emma Stone por La La Land e, realmente, devo admitir que a atriz fez um trabalho maravilhoso. No entanto, quem está colada em segundo em lugar é Natalie Portman por seu trabalho em Jackie (ler crítica aqui). Meryl Streep dificilmente ganhará, somente pelos inúmeros prêmios que já recebera na categoria; Ruth Negga por Loving está ofuscada (quase injustamente) pelas demais candidatas e; Isabelle Huppert tem suas chances diminuídas pelo simples fato de ser estrangeira (sim, a Academia é assim mesmo).

Portman já tem uma estatueta pela incrível atuação em Cisne Negro, o que leve talvez a Academia optar por prestigiar sua rival. Porém, suas chances diminuíram consideravelmente pelo fato de que Emma Stone não somente levou o prêmio SAG Awards, mas também foi premiada no Festival de Veneza.

+ Página especial sobre o Oscar

Dessa forma, dificilmente outra atriz roubará a noite de Emma Stone, mas não seria uma surpresa se Natalie Portman saísse vitoriosa.

Melhor Ator Coadjuvante
Enquanto as categorias dos atores principais geram dúvidas e algumas incertezas sobre seus respectivos vencedores, não podemos dizer o mesmo nas categorias coadjuvantes. Assim como de Atriz, a qual será abordada a seguir, o prêmio de Ator Coadjuvante está garantido. Mahershala Ali por sua interpretação em Moonlight será o grande vencedor.

A Qualquer Custo

A Qualquer Custo

Embora os demais atores nomeados (Jeff Bridges por A Qualquer Custo; Lucas Hedges por Manchester à Beira Mar; Dev Patel por Lion e; Michael Shannon por Animais Noturnos) serem igualmente competentes, dificilmente serão agraciados com uma estatueta. Ali vem roubando a cena em todos os eventos, cerimônias e premiações, sendo bastante elogiado pela crítica. E, obviamente, venceu no SAG Awards.

Melhor Atriz Coadjuvante
Não há dúvidas que Viola Davis levará este prêmio por sua atuação em Um Limite Entre Nós. Aqui temos mais ou menos a mesma situação de Mahershala Ali: as demais concorrentes são bastante talentosas. Michelle Williams por seu papel em Manchester à Beira-Mar também foi cogitada e durante um tempo era considerada a favorita, mas quem se sobressaiu e venceu literalmente todos os prêmios, nas quais foi indicada foi Davis. Tanto em quantidade de troféus, quanto no grau de importância dos eventos, ela é a vitoriosa, ficando difícil apostar as minhas fichas em qualquer outra atriz.

Quem também está na disputa: Naomi Harris (Moonlight); Nicole Kidman (Lion); Octavia Spencer (Estrelas Além do Tempo).

Roteiro Original
Minhas apostas aqui não vão para La La Land. Esse é um filme que deve ser apreciado e valorizado muito mais pelos seus aspectos técnicos do que pela sua história, a qual inclusive está longe de ser considerada original. Apesar de O Lagosta ser muito comentado e apreciado justamente pela sua criatividade, o favorito da vez é Manchester à Beira-Mar, pelo desempenho nas premiações também. Além de várias indicações por seu roteiro, também no Sindicatos dos Roteiristas, é um dos filmes que ganhou o prêmio de Filme do Ano pelo American Film Institute (AFI), e igualmente foi premiado pelo seu roteiro em diversos eventos dos Estados Unidos como, a Alliance of Women Film Journalists, em inúmeras Associações de Críticos em todo os Estados Unidos, inclusive A Sociedade Nacional de Críticos e na Hollywood Film Awards.

Outro filme, na verdade, que pode surpreender na cerimônia é A Qualquer Custo, que também vem sendo prestigiado pelo seu roteiro. No entanto, Manchester à Beira-Mar é um candidato muito mais forte.

A Chegada

A Chegada

Roteiro Adaptado
Se Moonlight não for premiado na categoria de Melhor Filme, minha aposta é que nesta ele ganhará. Outro candidato muito forte ainda é A Chegada, que ganhou o prêmio na mesma categoria no Critic’s Choice e recentemente no Sindicato dos Roteiristas. Moonlight, por sua vez, ganhou no mesmo evento na categoria de roteiro original, mas concorre na adaptada no Óscar este ano. Esse é um filme que tem uma história muito importante. Ainda que os demais candidatos também sejam relevantes em suas respectivas histórias, nenhum deles é tão estimado quanto a adaptação de Barry Jenkins está sendo.  Ainda há sim uma margem para que seu principal rival consiga levar a estatueta, afinal, A Chegada tem um roteiro impecável, mas acredito que a Academia provavelmente irá considerar o contexto social e racial abordado em Moonlight.

Filme Estrangeiro
Os principais concorrentes dessa categoria são: o alemão Toni Erdmann e o iraniano O Apartamento. Apesar de a crítica preferir este último, Toni Erdmann está chamando atenção pelos prêmios que ganhou como na Sociedade Nacional de Críticos de Cinema para Melhor Filme Estrangeiro e no New York Film Critics Circle Awards de Melhor Filme Estrangeiro. Já O Apartamento venceu o prêmio na categoria no Satellite Awards e no National Board of Review, acirrando a disputa entre os dois filmes. Os demais indicados, infelizmente, não possuem tanta força, são eles: Terra de Minas (Dinamarca); Tanna (Austrália); Um Homem Chamado Ove (Suécia).

Considerando a quantidade e os eventos em que foi premiado, Toni Erdmann é a aposta mais segura.

Clique aqui e confira a lista completa de nossas apostas para os vencedores.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta