Crítica Punho de Ferro (Iron Fist): vale a pena assistir o novo hit da Netflix? | Cabine Cultural
Notícias Séries

Crítica Punho de Ferro (Iron Fist): vale a pena assistir o novo hit da Netflix?

Punho de Ferro Netflix

Punho de Ferro Netflix

“Danny Rand retorna para Nova York, após ter desaparecido por 15 anos, para combater a corrupção com uma proficiência em Kung Fu e a habilidade de invocar o poder do Punho de Ferro”

Por NoSet

 Exageros a parte de fãs quanto a sexualidade e etnia de Finn Jones, ou sua saída das redes sociais devido a acusações e etc, Iron Fist segue, em seus capítulos iniciais exatamente o que era esperado, uma série interessante, boa de ser ver, mas com o ritmo costumeiro lento das séries da Netflix, o que quer dizer lento mesmo. Foi assim em Jéssica Jones e Demolidor em sua primeira temporada, o que foi só corrigido no Demolidor na segunda temporada, mas aí também tinha para dividir O Justiceiro e a Elektra, que dividido por três, deram um ritmo melhor a série.

Leia também:  As Melhores Adaptações de Personagens da DC Comics para o Cinema

Eu realmente gostei do trabalho de Finn Jones (Danny Rand / Punho de Ferro) que faz um trabalho de artes marciais com a delicadeza de uma dança, bem diferente de Jessica Henwick (Colleen Wing), que faz um trabalho de luta mais ligado a força, quase como se fosse uma comparação de estilos Orientais e Ocidentais das Artes marciais, ou talvez esta seja realmente a intenção dos roteiristas para escrever esta temporada.  Após ler algumas críticas de sites americanos, eu realmente esperava algo bem pior e para meu alívio, não foi.

Do elenco de apoio a inclusão de medalhões da uma cara nova e forte as séries da Netflix, principalmente com atores como David Wenham (Harold Meachum) de filmes como 300, Van Helsing, Senhor dos Anéis e Lion… Continua a leitura


Deixe uma resposta