Crítica: vale a pena assistir O Poderoso Chefinho? | Cabine Cultural
Cinema Críticas Notícias

Crítica: vale a pena assistir O Poderoso Chefinho?

O Poderoso Chefinho

O Poderoso Chefinho

“O longa é sem dúvidas uma ótima pedida para quem estiver procurando por um desenho que encante tanto crianças quanto adultos”

Por NoSet

A história acompanha Tim, um garoto que tem tudo de bom: um doce lar, um pai e uma mãe que o amam, enfim, a vida perfeita. Ou seja: pra que um irmão? De repente, um bebê falante que usa terno e carrega uma maleta misteriosa rouba a cena e vira a rotina da família de cabeça para baixo. Não demora muito até que Tim suspeite que ele não é quem diz ser, o que o leva a tentar colher provas de que tem alguma coisa errada. Enquanto isso, o bebê se depara com uma situação inesperada: será necessário unir forças com seu irmão mais velho invejoso, para impedir que um inescrupuloso CEO acabe com o amor no mundo. A missão é salvar os pais, impedir a catástrofe e provar que o mais intenso dos sentimentos é uma poderosa força. Pra começar, enfatizo que esta é uma animação das boas, não somente por agradar ambos o público infantil e adulto (difícil não possuir um carinho especial por tais longas), mas porque a mensagem transmitida por ele é deveras excepcional. Não obstante, em meio a tantos momentos engraçados, o lado emocional da trama invade a cena simultaneamente e contamos com um desfecho satisfatório.

Leia também:  Crítica: vale a pena assistir A Bela e a Fera, com Emma Watson?

Em seguida, uma das sacadas que o espectador nota é a disputa entre os protagonistas. Existe de certa forma um tom de ironia voltado àqueles que possuírem irmãos caçulas, pois uma vez que durante suas infâncias estes tenham brigado, encarado ciúmes ou lutado por atenção, no fim das contas passaram por poucas e boas, sabendo que conforme o tempo passava, um amadurecimento brotara em ambos os indivíduos e de nada adiantou tanta indiferença na construção do amor fraternal. Dessa forma, a guerrinha que está em jogo aqui tem suas vantagens e desvantagens… Continua a leitura




Deixe uma resposta