Petrônio Gontijo será Edir Macedo no longa "Nada a Perder" | Cabine Cultural
Cinema Cultura pop e ETC Notícias

Petrônio Gontijo será Edir Macedo no longa “Nada a Perder”

Petrônio Gontijo será Edir Macedo

Petrônio Gontijo será Edir Macedo

“O filme “Nada a Perder” vai contar a história de Edir Macedo desde a infância até os dias de hoje. É baseado nos livros da trilogia homônima. Lançados pela editora Planeta, são best sellers com mais de 7 milhões de exemplares vendidos”

Por Úrsula Neves

A Paris Filmes confirmou o nome de Petrônio Gontijo no papel principal de “Nada a Perder”. O ator, que vai viver seu primeiro protagonista no cinema, será Edir Macedo no filme dirigido por Alexandre Avancini e produzido pela Paris Entretenimento. O longa começa a ser rodado em abril, em São Paulo, com locações no Rio, Nova York, Jerusalém e Joanesburgo. Com previsão de lançamento para o primeiro semestre de 2018, terá distribuição da Paris Filmes e Downtown Filmes.

Leia também:  Perto do Coração Selvagem, de Clarice Lispector, estreia no Teatro Municipal Café Pequeno

Mineiro, Petrônio já atuou nos filmes “Memórias Póstumas de Brás Cubas” e “Cronicamente Inviável”, “Os Dez Mandamentos – O Filme”, “Boleiros 2 – Vencedores e Vencidos” e “Cristina Quer Casar” e em mais de 15 peças de teatro. Na TV, participou de mais de 25 novelas em diferentes emissoras. Sua estreia, em 1991, foi na TV Globo em “Salomé” (1991) como o protagonista Duda, par da atriz Patrícia Pillar. No SBT, ele fez “Razão de Viver”, “Os Ossos do Barão” e “Serras Azuis”, como o protagonista Gaius Gutemberg. Na Record, atuou em “Essas Mulheres”, “Cidadão Brasileiro”, “Luz do Sol”, “Os Mutantes-Caminhos do Coração”, “Poder Paralelo”, “Máscaras”, “Os Dez Mandamentos” e na série “Conselho Tutelar”.

Leia também:  Domingos Montagner vive um político no longa de terror ‘O Rastro’

O filme “Nada a Perder” vai contar a história de Edir Macedo desde a infância até os dias de hoje. É baseado nos livros da trilogia homônima. Lançados pela editora Planeta, são best sellers com mais de 7 milhões de exemplares vendidos, traduzidos para cinco idiomas e lançados em mais de 60 cidades no mundo, na África, Ásia, Europa, America Latina e América do Norte.




Deixe uma resposta