Crítica A Força do Querer: novela de Glória Perez é boa, ruim, ótima ou péssima? | Cabine Cultural
Crítica televisão Notícias Televisão

Crítica A Força do Querer: novela de Glória Perez é boa, ruim, ótima ou péssima?

A Força do Querer

A Força do Querer

Até então posso dizer que “A Força do Querer” vem dizendo a que veio. Viva Glória Perez que apareceu em um momento de grande baixa no horário

Por Feminino e Além

Não sou uma apaixonada por Perez, mas quando ela acerta a mão não tem para ninguém. Exatamente como Maneco quando acertava a história. E olhe que ele acertava muito mais que errava. Já pela abertura, percebo a força e a linha de batalhas que suportarão o enredo. “A bruta flor do querer… a bruta flor…”. De cara você pensa em Paolla Oliveira? Também, mas todos ali tem um sentimento já demonstrado ou ainda escondido, que representa essa tal bruta flor.

Leia também:  TV: Altas Horas deste sábado recebe as lindas Fernanda Lima e Fernanda Gentil

Transexualidade e natureza. São os temas centrais de A Força do Querer, mas quem disse que TODOS os personagens não tem lá sua grande relevância? Já no primeiro capítulo, Perez já avisou que a lentidão não será sua vírgula. Se você perder uma noite, pode ser que se perca no atual. Lembra uma série do tipo “Scandal” em que nada pode ser deixado de lado porque se não, nada casa no seu entendimento. Diferente da antecessora que podíamos assistir uns dois capítulos por semana que tudo se encaixava depois. O pulo de dez anos já demonstrou isso: não temos correria desenfreada, mas não queremos encher linguiça.

Leia também:  Crítica: Supercine deste sábado exibe O Vendedor de Passados, com Lázaro Ramos e Alinne Moraes

Amores desencontrados, desenlaces e casamentos atormentados. Já deu para ver de tudo nesta primeira semana. E olhem que só estou falando do lado amoroso. Muitos problemas inesperados, mas casuais aparecerão por aí… Continua a leitura


Deixe uma resposta