Rio de Janeiro vai ganhar sua primeira sala de cinema 4DX com efeitos especiais
Cinema Cultura pop e ETC Notícias

Rio de Janeiro vai ganhar sua primeira sala de cinema 4DX com efeitos especiais

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Coluna da jornalista Úrsula Neves sobre tudo que acontece no universo da cultura pop

Primeira sala de cinema 4DX com efeitos especiais

O Rio de Janeiro vai ganhar sua primeira sala de cinema 4DX. Com cadeiras que se movimentam e que reproduzem efeitos como vento, chuva, neve, além de vários aromas diferentes, a 4DX será lançada no Rio de Janeiro em maio, no UCI New York City Center, na Barra da Tijuca, Zona Oeste da cidade.

Será a primeira sala com essa tecnologia no estado do Rio de Janeiro e a sétima no Brasil, mas será a única do país com o efeito “tempestade” (rainstorm). A CJ 4DPLEX, empresa líder no segmento de cinema 4D, em parceria com a UCI Cinemas, é que vai trazer a tecnologia 4DX para o maior complexo de cinema do Brasil.

O complexo UCI no New York City Center possui 18 salas e, desde 1999, tem a maior bilheteria do Brasil. Em 2016, a receita foi de 7,6 milhões de dólares, com 1,6 milhões de ingressos vendidos. Está localizado em uma área com diversas opções de entretenimento, ideal para a entrada da 4DX no Rio. A nova sala 4DX terá 112 cadeiras, e será uma grande novidade para região, que já é conhecida por suas diversas opções de lazer. O novo efeito “tempestade”, inédito no Brasil, vai tornar ainda mais impactante a inauguração, combinando ventos fortes com gotas de chuva e criando redemoinhos de tempestade em cima do público. 

cinema 4DX

Cinema 4DX

“O acordo entre a CJ 4DPLEX Americas e a UCI Cinemas faz parte da nossa estratégia de expansão na América do Sul, especialmente no Brasil, onde a 4DX já está fazendo sucesso em seis outras salas”, afirma Byung-Hwan Choi, CEO da CJ 4DPLEX.  

“A 4DX provou ser a principal tecnologia de cinema imersivo que está se espalhando rapidamente pelo mundo. Estamos empenhados em proporcionar aos nossos clientes a melhor experiência de cinema, com a melhor qualidade e focar na inovação das nossas salas”, afirma Carlos Marin, diretor executivo da UCI Brasil, que tem 23 complexos, em 12 estados diferentes e com uma arrecadação de 70 milhões de dólares em bilheteria em 2016. 

 

Jornalista carioca, 39 anos, mãe do Heitor de 3 anos. Gerente de Conteúdo do Digitais do Marketing. Coordenadora de Projetos de Conteúdo da Web-Estratégica. Responsável pela Coluna Mãe 2.0 Beta do site Feminino e Além. Adora ler, assistir séries pelo Netflix, ir ao cinema e teatro, navegar pela internet e viajar acordada ou dormindo. No Cabine Cultural possui a coluna Cultura Pop e ETC… sobre tudo que acontece no universo da cultura pop.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta