Rio de Janeiro vai ganhar sua primeira sala de cinema 4DX com efeitos especiais | Cabine Cultural
Cinema Cultura pop e ETC Notícias

Rio de Janeiro vai ganhar sua primeira sala de cinema 4DX com efeitos especiais

Coluna da jornalista Úrsula Neves sobre tudo que acontece no universo da cultura pop

Primeira sala de cinema 4DX com efeitos especiais

O Rio de Janeiro vai ganhar sua primeira sala de cinema 4DX. Com cadeiras que se movimentam e que reproduzem efeitos como vento, chuva, neve, além de vários aromas diferentes, a 4DX será lançada no Rio de Janeiro em maio, no UCI New York City Center, na Barra da Tijuca, Zona Oeste da cidade.

Será a primeira sala com essa tecnologia no estado do Rio de Janeiro e a sétima no Brasil, mas será a única do país com o efeito “tempestade” (rainstorm). A CJ 4DPLEX, empresa líder no segmento de cinema 4D, em parceria com a UCI Cinemas, é que vai trazer a tecnologia 4DX para o maior complexo de cinema do Brasil.

Leia também:  Peça O Olho de Vidro segue até o final do mês no Centro Cultural dos Correios do RJ

O complexo UCI no New York City Center possui 18 salas e, desde 1999, tem a maior bilheteria do Brasil. Em 2016, a receita foi de 7,6 milhões de dólares, com 1,6 milhões de ingressos vendidos. Está localizado em uma área com diversas opções de entretenimento, ideal para a entrada da 4DX no Rio. A nova sala 4DX terá 112 cadeiras, e será uma grande novidade para região, que já é conhecida por suas diversas opções de lazer. O novo efeito “tempestade”, inédito no Brasil, vai tornar ainda mais impactante a inauguração, combinando ventos fortes com gotas de chuva e criando redemoinhos de tempestade em cima do público. 

cinema 4DX

Cinema 4DX

“O acordo entre a CJ 4DPLEX Americas e a UCI Cinemas faz parte da nossa estratégia de expansão na América do Sul, especialmente no Brasil, onde a 4DX já está fazendo sucesso em seis outras salas”, afirma Byung-Hwan Choi, CEO da CJ 4DPLEX.  

“A 4DX provou ser a principal tecnologia de cinema imersivo que está se espalhando rapidamente pelo mundo. Estamos empenhados em proporcionar aos nossos clientes a melhor experiência de cinema, com a melhor qualidade e focar na inovação das nossas salas”, afirma Carlos Marin, diretor executivo da UCI Brasil, que tem 23 complexos, em 12 estados diferentes e com uma arrecadação de 70 milhões de dólares em bilheteria em 2016. 

 

Jornalista carioca, 39 anos, mãe do Heitor de 3 anos. Gerente de Conteúdo do Digitais do Marketing. Coordenadora de Projetos de Conteúdo da Web-Estratégica. Responsável pela Coluna Mãe 2.0 Beta do site Feminino e Além. Adora ler, assistir séries pelo Netflix, ir ao cinema e teatro, navegar pela internet e viajar acordada ou dormindo. No Cabine Cultural possui a coluna Cultura Pop e ETC… sobre tudo que acontece no universo da cultura pop.

Deixe uma resposta