Crítica Power Couple Brasil: temporada cheia de novidades, quase todas desnecessárias | Cabine Cultural
Crítica televisão Notícias Televisão

Crítica Power Couple: temporada cheia de novidades, todas desnecessárias

Power Couple Brasil - Foto de Antonio Chahestian

Power Couple Brasil – Foto de Antonio Chahestian

Programa se aproveita de temporada de estreia bem sucedida e busca alongar o novo ano com mais episódios e reviravoltas

O novo ano do Power Couple Brasil, o reality mais bem sucedido da Record atualmente, corre o risco de sofrer do mal que acomete todo o programa televisivo que ganha destaque, e principalmente, vai bem com a audiência. Os exemplos vêm aos milhares: The Voice que acontece duas vezes ao ano nos Estados Unidos, MasterChef que ganhas diferentes versões, Casa dos Artistas que tem regras mudadas durante o programa, BBB, etc, etc…

Claro que com o Power Couple isso não seria diferente. Se isso será algo necessariamente ruim, só o tempo irá dizer, mas o caminho que o reality está trilhando é o mesmo destes exemplos. A começar pelos dias de exibição. Se na temporada de estreia era somente um dia na semana e uma re-exibição, que veio por causa da alta audiência, agora teremos episódios inéditos duas vezes na semana. Você pode se perguntar: mas isso não é bom? Bem, o termo saturação nasce justamente desse tipo de ideia. Ao vermos o programa muitas vezes, corremos o risco de enjoar mais rápido. Assim acontece com aquela música que não sai da rádio.

Leia também:  Programa do Porchat desta quinta entrevista Karina Bacchi, grávida de 5 meses

Outro elemento: mudança de regras. Roberto Justus anunciou nesta quinta que assim que o quinto casal for eliminado, os cinco casais então disputarão uma série de desafios e o melhor dele voltará para a casa e para a disputa. Em suma, o primeiro desclassificado pode ser o campeão da temporada. Mas você pode perguntar: mas não fica mais emocionante? Pode até ficar, mas para um programa de competição, é um tanto injusto pensar na ideia de um casal eliminado no início do programa voltar e vencê-lo.

Além disto, fica claro que a intenção da produção do programa não é somente deixar mais imprevisível e emocionante. A ideia é prolongar ao máximo um programa que tem um público fiel (aparentemente).

Leia também:  Domingo Show desta semana revela quem é o filho secreto do sertanejo José Rico

Mudança de regras e prolongamento da temporada são duas características que todos os programas que fazem sucesso repentinamente possuem. O Power Couple é um deste programas. Claro que isso não significa que esta temporada será ruim. A escolha dos casais no fim das contas vai definir o sucesso ou não do reality.

E pela escolha, dá para perceber que a ideia da produção é ter barraco. Escolher casais com personagens de gênio fortes e polêmicos é um prato cheio para transformar o dia a dia num inferno, para os participantes, e no céu, para a Record e para o público.

Oremos.


Deixe uma resposta