Crítica: vale a pena assistir “Vida”, ficção científica estrelada por Jake Gyllenhaal? | Cabine Cultural
Cinema Críticas Notícias

Crítica: vale a pena assistir “Vida”, ficção científica estrelada por Jake Gyllenhaal?

Vida

Vida

Dirigido por Daniel Espinosa. Roteirizado por Rhett Reese e Paul Wernick. Elenco: Jake Gyllenhaal, Rebecca Ferguson e Ryan Reynolds

Por Gabriella Tomasi

O gênero da ficção científica é um tema riquíssimo de se explorar, principalmente as várias facetas sobre as consequencias do contato humano com o mundo extraterrestre, podendo criar resultados positivos e pacíficos como O Dia em Que a Terra Parou (1951), ou gerar discussões filosóficas e existencialistas do ser humano como 2001: Uma Odisséia no Espaço (1968), A Chegada (2016), e Interstellar (2014) ou até podem criar situações de luta por sobrevivência em meio ao completo vácuo como Gravidade (2013) e, por fim, a experiência hostil com seres e monstros desconhecidos como o clássico Alien – O 8º Passageiro (1979). Da mesma maneira, desde que a NASA confirmou as descobertas das expedições para tentar encontrar novas formas de vida em nosso planeta vizinho, Marte, ao mesmo tempo em que investiga o potencial que possui para ser habitado e colonizado por nós humanos, a indústria cinematográfica igualmente arranjou a oportunidade para explorar o assunto. Um dos mais recentes longas estrelou Matt Damon em Perdido em Marte (2015).

Leia também:  Crítica Velozes e Furiosos 8: ação e entretenimento do início ao fim

Vida é mais uma obra que se passa na órbita do planeta terra, próximo o suficiente para que suas fronteiras fossem captadas pela câmera. Lá, seis membros da ISS (Estação Espacial Internacional) da NASA embarcaram em uma jornada para estudar o material coletado do planeta vermelho que chega até eles: o médico americano Dr. David Jordan (Gyllenhaal); a Dra. Miranda North (Ferguson); o engenheiro Rory Adams (Reynolds); o piloto japonês Sho Murakami (Sanada), o biólogo britânico… Continua a leitura




Deixe uma resposta