Crítica: sensacional, "Era Uma Vez, Uma História" é uma série obrigatória | Cabine Cultural
Crítica televisão Notícias Televisão

Crítica: sensacional, “Era Uma Vez, Uma História” é uma série obrigatória

Band estreia nesta quinta “Era Uma Vez Uma História”

“Era Uma Vez Uma História”

Série em quatro episódios começou a ser exibido pela Band na última quinta e mostrou-se um projeto que une entretenimento e relevância histórica

Uma viagem na história do país. Assim podemos descrever a série que a Band estreou semana passada e será exibida nas próximas semanas, “Era Uma Vez, Uma História”.

Apresentada por Dan Stulbach e Lilia Schwarcz, a superprodução reconta a história do Brasil de um jeito diferente, misturando dramaturgia, aula de história e entretenimento de qualidade acima da média. É incrível a relevância que um projeto deste tipo possui num país que não valoriza a sua própria história.

A dinâmica que a série estabelece é o diferencial de “Era Uma Vez, Uma História”. Inseridos em cenas históricas reconstruídas em ambientes reais ou criadas com a ajuda de animação gráfica, o ator Dan Stulbach e a historiadora Lilia Schwarcz atuam como testemunhas e, ao mesmo tempo, narradores dos fatos que determinaram o destino do país. O primeiro episódio, que narra a época que antecedeu a vinda da família real portuguesa ao Brasil é sensacional.

Didático, bem escrito, e com uma apresentação muito inteligente de Dan e Lilia, a série consegue ser atrativa para quem somente quer assistir um bom programa de entretenimento, e também consegue ser relevante para quem desejar usar os episódios como ferramenta de estudo e de ensino.

“Era Uma Vez, Uma História” é desses programas que nasceu para a rede fechada de televisão, pois na TV aberta é muito difícil encontrar um público que abrace algo de qualidade tão acima da média. Porém, o feedback recebido pela emissora no programa de estreia foi dos melhores e isso traz uma ponta de esperança para quem admira produções como esta. Talvez a partir de agora outros programas que mistura série com dramaturgia com documentário sejam produzidos e exibidos de graça nas principais TVs do país.

A série foi gravada no Brasil e em Portugal, e envolveu 150 profissionais, como atores que interpretam passagens importantes de períodos históricos com a ajuda de computação gráfica.

Uma superprodução que dá um toque ainda maior de qualidade na programação da Band, que já possui o MasterChef às terças, a o Shark Tank às quintas, junto com a própria série de história do Brasil.

“Era Uma Vez, Uma História” terá seu segundo episódio exibido nesta quinta, e depois deste teremos somente mais dois. Não precisamos nem falar o quão imperdível é a série. Entretenimento de altíssima qualidade.

UCI OrientCinemas

Deixe uma resposta