Crítica: vale a pena assistir "O Cidadão Ilustre" filme que estreia esta semana nos cinemas? | Cabine Cultural
Cinema Críticas Notícias

Crítica: vale a pena assistir “O Cidadão Ilustre” filme que estreia esta semana nos cinemas?

O Cidadão Ilustre

O Cidadão Ilustre

Direção por Gastón Duprat e Mariano Cohn. Roteiro por Andrés Duprat. Elenco: Oscar Martínez, Dady Brieve, Andrea Frigerio, Belén Chavanne

Por Gabriella Tomasi

Toda a verdade é fruto de uma interpretação.

Essa é uma das frases mais marcantes que o protagonista Daniel Mantovani (Martínez) enuncia em O Cidadão Ilustre.

Se de fato fizermos a analogia dessa frase com os filmes ou qualquer outra forma de arte como a literatura ou a música, inclusive, todo trabalho tem relação direta às experiências – sejam boas ou rins – ao nosso redor e também às nossas origens. O artista imprime seu ponto de vista ou sua visão de mundo por meio de uma arte que lhe identifica e, por conseguinte, cada um de nós que nos deparamos com esta criação podemos apreciá-lo ou rejeitá-lo também de acordo com as nossas referências de vida. É dessa forma que a crítica cinematográfica também se apóia de certa forma, pois a cada texto escrito por mim, por exemplo, retiro um pedaço da minha visão de mundo, da minha interpretação em relação aos conceitos trabalhados em um filme e os publico na internet, motivo pelo qual nem todos que lêem podem concordar comigo e minha opinião sobre ele, gerando essa atividade cíclica. Portanto, nenhuma crítica ou nenhum trabalho artístico se trata de uma verdade absoluta, mas de interpretações que retiramos das nossas sensações com as pessoas, com o mundo em geral.

Leia também:  Crítica Alien: Covenant - Bom, ruim, ótimo ou uma nova obra-prima?

Não coincidentemente, os cineastas Gastón Duprat e Mariano Cohn brincam com esse conceito de forma inteligente e instigante. Na trama, Daniel é um escritor argentino renomado que comparece inicialmente à cerimônia sueca do Prêmio Nobel, no qual ele é agraciado por sua contribuição na literatura. Assim, percebemos que o protagonista é um personagem bem ambíguo e complexo… Continua a leitura




Deixe uma resposta