Crítica: segunda temporada de Supergirl foi boa, ruim ou ótima? | Cabine Cultural
Notícias Séries

Crítica: segunda temporada de Supergirl foi boa, ruim ou ótima?

Supergirl

Supergirl

Talvez o ponto fraco da série tenha sido seu meio de temporada, onde não houve um vilão convincente e uma história realmente boa

Por NoSet

Feira de Adoção Cães e Gatos

Repetindo a minha crítica, quase chorei ao rever Clark Kent e Superman, novamente interpretados em uma série, foi uma sensação incrível, ainda mais com um ar de Liga da Justiça, com o Caçador de Marte, Supergirl no e Jimmy Olsen no mesmo capítulo, só faltou tocar a música tema de Superman, da clássica franquia para o cinema.  Tyler Hoechlin (Teen Wolf) consegue manter o manto do Superman, mesmo não sendo tão grandioso e igual aos seus antecessores clássicos e atuais, mistura um pouco de tudo, como ser o atrapalhado Kent, com o uniforme com as cores tradicionais, mas mesmo assim com uma capa diferenciada e aquele jeitão de boa praça, mas acredito que isso tenha a ver com o fato de que a série se chama Supergirl e não Superman. Supergirl ganhou meu coração e muito disso vem da ótima Melissa Benoist, que incorporou tudo que a persoangem Supergirl e Kara podem oferecer, de uma maneira jovial. Tivemos um Cross na série Invasão e com The Flash em um musical, além dos clássicos, Mon El, a irmã de Luthor e Metallo já deram as caras.

Talvez o ponto fraco da série tenha sido seu meio de temporada, onde não houve um vilão convincente e uma história realmente boa. Minhas esperanças em Mon El como herói ficou muito abaixo do esperado e somente como o par amoroso da Supergirl também não convenceu, nem atuando nem lutando. A volta da atriz Calista Flockhart (Cat Grant)…Continua a leitura


UCI OrientCinemas

Deixe uma resposta