Crítica Transformers: O Último Cavaleiro – um dos piores filmes do ano | Cabine Cultural
Cinema Críticas Notícias

Crítica Transformers: O Último Cavaleiro – Horrível, confuso, um dos piores filmes do ano

Novo filme de Transformers

Transformers: O Último Cavaleiro

Dirigido por Michael Bay. Roteiro por Art Marcum, Matt Holloway, Ken Nolan. Baseado em Transformers da Hasbro. Elenco: Mark Wahlberg, Stanley Tucci, Isabela Moner, Josh Duhamel, Tyrese Gibson, John Turturro, Laura Haddock, Anthony Hopkins, Santiago Cabrera, Liam Garrigan, Jerrod Carmichael, Mitch Pileggi

Por Gabriella Tomasi

Três meses antes da estréia nos cinemas brasileiros da quinta sequencia de Transformers, tive a oportunidade de assistir a vinte minutos de alguns fragmentos de cena do novo longa de Michael Bay; alguns trechos do que viria a ser a história e a tecnologia empregada, a qual segundo o diretor, se prestava para tornar a melhor experiência cinematográfica para o espectador. Ao final, não somente eu, mas como diversos jornalistas e críticos apostaram na ideia, a qual tem realmente uma premissa muito boa de explorar o mito dos Transformers como parte da nossa história ocidental. Contudo, após presenciar o resultado em tela, posso afirmar que este é só mais um amontoado de incoerências e absurdos durante intermináveis duas horas e trinta minutos de projeção.

A trama principal gira em torno de uma guerra declarada entre humanos e autobots, os quais são considerados inimigos e isolados do convívio humano. Lá também se encontram o agora fugitivo da polícia Cade (Wahlberg) e seu fiel Bumblebee. Durante o resgaste de alguns jovens que invadiram um local proibido destinado a restos de autobots, Cade conhece Izabella (Moner) – uma jovem órfã que o protagonista acaba acolhendo e protegendo. Ao mesmo tempo, Edmund Burton (Hopkins) recruta Cade e a doutora em letras e filosofia Vivian (Haddock – aparentemente como uma nova Megan Fox) para salvar o planeta de uma nova ameaça que visa destruir toda a humanidade. Para completar, temos também Optimus Prime que retorna à sua terra natal em uma missão pessoal, onde encontra Quintessa, a criadora dos Transformers.

Por um lado, considero até positivo o fato de que a franquia tenha um estilo…Continua a leitura

Deixe uma resposta