"Tal Mãe, Tal Filha" estreia com Juliette Binoche estrelando | Cabine Cultural
Cinema Críticas Notícias

“Tal Mãe, Tal Filha” chega aos cinemas com Juliette Binoche estrelando

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Tal Mae Tal Filha

Tal Mae Tal Filha

Dirigido por Noemie Saglio filme foi um dos destaques no Festival Varilux de Cinema Francês; estreou no RJ e em SP

Uma das boas estreias desta semana nos cinemas, pena que restrita somente ao eixo RJ-SP, é a comédia “Tal Mãe, Tal Filha” que traz na direção Noemie Saglio.

No filme, temos as inseparáveis, Avril (Camille Cottin) e sua mãe, Mado (Juliette Binoche), que não podem ser mais diferentes uma da outra. Avril, 30 anos, é casada, tem um emprego fixo e é organizada, ao contrário de sua mãe, eterna adolescente irresponsável e petulante, que vive à custa de sua filha desde o seu divórcio. Mas quando as duas mulheres se veem grávidas ao mesmo tempo e sob o mesmo teto, o choque é inevitável. Porque, Mado, está em plena crise de juventude e não está pronta para ser avó e Avril, por sua vez, tem grande dificuldade de imaginar sua mãe … mãe!

Leia+  Crítica IT: A Coisa – O hype é real

Com esta premissa não tão original, mas que sempre rende um bom filme, comédia ou não, “Tal Mãe, Tal Filha” estreias nos cinemas trazendo um dos ícones do cinema moderno: a bela e maravilhosa Juliette Binoche.

Como surgiu o filme
A ideia surgiu quando a diretora e roteirista, Noemi Saglio, leu em uma revista feminina que a mãe de uma leitora havia feito a “afronta” de engravidar ao mesmo tempo que ela. Dessa forma, junto de Agatha Pastorino, Noemi Saglio escreveu o argumento do filme.

“Estávamos à procura de uma história sobre mulheres, que tanto fizesse rir quanto emocionar. Quando lemos o testemunho desta jovem mãe, concluímos que era o ponto de partida ideal para um filme e começamos a trabalhar. Começamos a pesquisar e percebemos que esses casos de mães e meninas grávidas ao mesmo tempo eram bastante comuns, especialmente na Grã-Bretanha, em círculos populares.”, diz Saglio

Tal Mae Tal Filha

Tal Mae Tal Filha

Camille Cottin estava imediatamente escalada para o papel de Avril, a diretora a considera a atriz mais talentosa e mais audaciosa de sua geração. Em suas palavras, “Camille tem toda a ousadia e não teme nada, está sempre pronta para tudo.”.

Juliette Binoche
Já para o papel da mãe, ela pensou em Juliette Binoche, atriz que considera uma ótima comediante. Ao ser convidada para o papel Juliette também demonstrou grande ousadia em suas escolhas e em suas representações, apesar de haver algum tempo que não fazia um papel tão solar e tão fora dos padrões ao mesmo tempo.

Leia+  Crítica: vale a pena assistir a ação “O Assassino: O Primeiro Alvo”?

Juliete Binoche diz: “Foi quase o lado incongruente do encontro entre Noémie Saglio, Camille Cottin e eu que me fez dizer “sim”. Eu não esperava ser convidada para um filme tão francês, uma comédia sem piedade! Eu estava fazendo um filme de ficção científica na Nova Zelândia, que era muito longe de mim. E confesso que o papel de uma adolescente me atraiu porque eu acho que nunca tive o tempo entre os dois, isto é, eu amadureci rapidamente em minha mente, porque eu tinha um senso de responsabilidade, eu estava tomada pela paixão pelo teatro, eu não tinha tempo a perder.”.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta