Crítica MasterChef: Valter e Michele vão ao top 5 e viram favoritos | Cabine Cultural
Crítica televisão Notícias Televisão

Crítica MasterChef: Valter e Michele vão ao top 5 e viram favoritos

Masterchef desta terça

Masterchef desta terça

Programa desta terça teve uma das provas mais tensas da temporada e a qualidade surpreendeu

A primeira prova do MasterChef desta terça, dia 25 de julho, foi das mais tensas da temporada e surpreendeu pela qualidade dos candidatos e pelo resultado final dos pratos.

Tivemos também os destaques positivos e negativos. Para começar, a classe, postura e calma de Michele, candidata que veio aos poucos mostrando o seu valor como cozinheira, e hoje em dia pode ser considerada uma das favoritas, e, sobretudo, a mais amada do público. Isso se deve ao fato dela não estar envolvida em polêmicas e ter uma postura profissional muito boa.

Um pouco diferente está Valter, outro favorito que foi direto para o top 5, mas que não é unanimidade entre os companheiros e entre o público do programa. Valter tem condições de vencer o MasterChef, porém não tem carisma algum, e muitas vezes é individualista demais. Claro que o programa só é focado na cozinha, mas quando pensamos que eles futuramente estarão trabalhando em restaurantes, o perfil de Valter é menos digno de aplausos que o de Michele, por exemplo.

Deborah foi de longe o destaque negativo. Arrogante e muito atrapalhada, ela quase cometeu a gafe gigante de deixar um prato ser servido após ter sido misturado com um pedaço de pano. Uma atitude antiprofissional que só não aconteceu porque descobriram.

Deborah, apesar de ter muito talento, ainda precisa amadurecer muito para ser considerada uma Chef de respeito.

Miriam, por melhor que tenha sido suas intenções, é a mais chata entre os seis do programa e o seu perfil chega a ser insuportável dentro de uma cozinha, interrompendo todos a toda hora. Ainda assim, não foi a pior e até mereceu alguns elogios por querer aprender mais que os demais.

Leo e Victor V passaram despercebidos na primeira prova, o que não podemos dizer se é um elogio ou uma crítica.

UCI OrientCinemas



Deixe uma resposta