Crítica: TNT exibe o mega sucesso "Malévola" nesta quarta | Cabine Cultural
Cinema Notícias Televisão

Crítica: TNT exibe o mega sucesso “Malévola” nesta quarta

Malévola

Malévola

Filme tem exibição nesta quarta-feira, dia 2 de agosto, e começa às 23h30; estrelado pela linda Angelina Jolie

Malévola foi um dos grandes filmes de 2014, indiscutivelmente. Não que ele tenha sido uma obra-prima do cinema, longe disso, mas ele causou um reboliço dos grandes naquele ano. E depois de tudo que foi falado, ele entrou em cartaz e foi um dos maiores sucessos.

Por isso volta e meia quem detém os direitos sobre o filme exibe, pois sabe que dá audiência. E nesta quarta, dia 2 de agosto, a TNT, canal fechado, vai exibir, às 23h30, o filme que estrelado pela linda e talentosa Angelina Jolie.

Vale a pena assistir?

Crítica Malévola
O trabalho visual do filme chama bastante atenção e é resultado direto da escolha do diretor, que trabalhou como designer de produção em filmes como Alice no País das Maravilhas e Avatar. Percebe-se claramente tais influências, sobretudo de Avatar. Mas ele peca por não conseguir construir uma identidade para o projeto, que é aparentemente dark, com uma vibe bem gótica, mas que se contrapõe com a história, bem boba e sem densidade dramática alguma.

Sim, Angelina Jolie reina quase que exclusivamente no filme. Nota-se que desde o início, essa era a intenção, pois a quantidade de closes em seus lindos olhos é bastante significativa. Angelina ao menos faz a ida ao cinema valer a pena. Já o pouco que sobra fica para a bela Elle Fanning, uma das mais promissoras atrizes de sua geração e que transborda de beleza (e não me refiro à beleza física).

Assim, entre defeitos e virtudes, Malévola se mostra como uma interessante experiência para a garotada, pois foge um pouco das tradicionais histórias infantis. Com uma bela fotografia e um trabalho visual chamativo, o filme acaba agradando aos olhos. No campo narrativo, bem, é sempre um prazer ver Angelina Jolie e Elle Fanning atuando, ainda mais juntas num mesmo filme. Isso é motivo suficiente para não se desesperar ao fim da história.

UCI OrientCinemas

Deixe uma resposta