Link Perdido
Cinema Críticas Notícias

Crítica: vale a pena assistir “Planeta dos Macacos: A Guerra”, filme mais esperado do mês?

Planeta dos Macacos: A Guerra
Planeta dos Macacos: A Guerra

“A violência entre símios munidos de lanças e montados em cavalos contra humanos pesadamente armados, de fato, empolga”

Por João Paulo Barreto

A última parte da nova trilogia Planeta dos Macacos abre com um letreiro nos atualizando acerca dos acontecimentos que vimos na parte um, Rise, e na a sua sequência, Dawn. O último trecho do texto nos esclarece que estamos diante do início da Guerra proposta pelo próprio título deste novo exemplar da franquia. E, pelos minutos iniciais, parece que não seremos decepcionados. Ledo engano, infelizmente.

Apesar dessa percepção de resultado aquém do esperado ao subir dos créditos finais, o longa até possui sua cota de boas sequências bélicas. A primeira, logo em seus minutos iniciais, inclusive. Em uma clara alusão ao conflito nas matas da Vietnam, com capacetes talhados em mensagens contra o inimigo, aqui, no caso, destinadas aos símios, o filme começa bem, com uma batalha na selva entre os humanos e os macacos. A sequência parece preparar o terreno para, justamente, o que o título promete. A violência entre símios munidos de lanças e montados em cavalos contra humanos pesadamente armados, de fato, empolga.

Toda a cena é construída de modo a criar um impacto visual forte, preparando terreno para o que esperamos que seja um futuro encontro entre o líder símio Cesar (Andy Serkins, se consolidando cada vez mais) e o militar inimigo humano, dessa vez um coronel insano vivido por Woody Harrelson.

Adicionar comentário

Clique aqui e comente

Deixe uma resposta

Assista ao trailer

Dora e a Cidade Perdida

Assista ao trailer

Doutor Sono

Assista ao trailer

O Exterminador do Futuro: Destino Sombrio

Assista ao trailer

Maria do Caritó

Assista ao trailer

Projeto Gemini

Assista ao trailer

ElaDisse, Ele Disse