Crítica “The Defenders”: vale a pena assistir “Os Defensores”, lançamento da Netflix?
Notícias Séries

Crítica “The Defenders”: vale a pena assistir “Os Defensores”, lançamento da Netflix?

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Marvel - Os Defensores

Marvel – Os Defensores

“A Marvel conseguiu unir muito bem os quatro (mesmo Danny quase destruindo toda a narrativa) defensores”

Por Feminino e Além

Lembro que não morri de amores por Jessica Jones sozinha. Lembro que caí de paixão por Matthew Murdock e seu Demolidor. Lembro de ter caído de amores por Luke Cage. Lembro perfeitamente que ODIEI Danny e seu Punho de Ferro. Entendam: a história do Punho é bem bacana para quem gosta do timing. Só que Finn Jones é um insulto à paciência e à inteligência de qualquer cidadão que goste do universo Marvel. O cara é chato, coloca a história pra baixo, não tem charme nenhum para o personagem e ainda trabalha muito, muito mal. Ou seja, é aquele corta tesão de pulsar a raiva na gente. Pelo menos em mim.

“The Defenders” veio com gostinho de telona na telinha. A Marvel conseguiu unir muito bem os quatro (mesmo Danny quase destruindo toda a narrativa) defensores. A forma como se conheceram, foi bem montado em um roteiro que demorou um pouco a decolar. Até o segundo, terceiro episódio, você fica meio: Oi? E aí, gente? Bora lá? Depois a narrativa decola e muito bem, obrigada. Para entender de vez tudo que começa a se entrelaçar, antes de maratonar, vale ver o último episódio das quatro séries anteriores. Ok, rever Punho de Ferro foi uma dor na alma para mim, mas, fazer o quê? É legal rever porque personagens se encontram…Continua a leitura


  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta