Crítica: Temperatura Máxima deste domingo exibe a linda história de "Cinderela" | Cabine Cultural
Notícias Televisão

Crítica: Temperatura Máxima deste domingo exibe a linda história de “Cinderela”

Cinderela

Cinderela

“A direção de Kenneth Branagh é competente, isso não resta dúvida. O diretor, que tem em sua filmografia Sete Dias com Marilyn, Thor, Operação Valquíria e alguns outros menos famosos, consegue evocar todo um universo de fantasia nas cenas”

Neste domingo, dia 17 de setembro, a Rede Globo preparou um filme bem família para exibir na sessão Temperatura Máxima. A escolha da vez é o lindo “Cinderela”, conto de fadas já eternizado no mundo inteiro.

O filme começa logo após Os Trapalhões.

Feira de Adoção Cães e Gatos

Para quem ainda não conhece a história de Cinderela, aqui vai um resumo: após a morte do seu pai, Ella (a bela atriz Lily James) fica sob os cuidados da sua terrível madrasta, Lady Tremaine (Cate Blanchett), e suas filhas Anastasia e Drisella. Ella então passa a ser chamada de Cinderela e se transforma numa empregada em sua própria casa. Um dia, entretanto, ao passear pela floresta, ela se encanta por um corajoso estranho (Richard Madden), sem saber que se trata do príncipe do castelo. Cinderela recebe um convite para o baile e acredita que pode voltar a encontrá-lo, mas a madrasta má rasga seu vestido. Resta então uma fada madrinha fada madrinha (Helena Bonham Carter) socorrê-la.

O primeiro ponto de destaque do filme é o seu elenco, principalmente os nomes de Cate Blanchett como a madrasta má e a sempre estranha, mas adorável Helena Bonham Carter, que aqui faz somente uma ponta, porém consegue de modo bem competente deixar a sua marca. Lily James consegue passar aquele ar angelical, de garota de ingênua e otimista, mas ainda falta certa experiência para a atriz que vem sendo reconhecida por sua participação na série britânica Downton Abbey. Já Richard Madden, o eterno Robb Stark da série Game of Thrones, não convence tanto como o príncipe encantado de uma garota, pois sua imagem no filme aparenta ser de alguém acima da idade para ser um príncipe encantado dos sonhos. Mas os dois enquanto par romântico até que não compromete e as sequências da dança e a final são bem bonitas de se ver.

Imperdivel.

 

UCI OrientCinemas

Deixe uma resposta