Objetos que remetem à canção 'Eleanor Rigby', dos Beatles, foram leiloados no Reino Unido | Cabine Cultural
Música Notícias

Objetos que remetem à canção ‘Eleanor Rigby’, dos Beatles, foram leiloados no Reino Unido

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Escritura de um jazigo no cemitério de Woltoon, em Liverpool

Escritura de um jazigo no cemitério de Woltoon, em Liverpool

“Pelo que mostra a letra, “Eleanor Rigby” fala da solidão das pessoas ou é interpretada como uma metáfora da vida do pós-guerra na Inglaterra”

Itens surpreendentes estão entre os objetos de um leilão de memorabilia dos Beatles, que aconteceu nesta semana em Warrington, noroeste da Inglaterra. Os fãs do quarteto de Liverpool tiveram a chance de adquirir o rascunho original da canção “Eleanor Rigby” e um outro documento um tanto quanto estranho. Trata-se da escritura de um jazigo no cemitério de Woltoon, em Liverpool, onde se encontra a lápide com o mesmo título da música: Eleanor Rigby. Além disso, foi leiloado uma bíblia com este nome gravado no seu interior.

A partitura escrita à mão por George Martin, produtor dos Beatles, tem as assinaturas dele e de Paul McCartney. É possível ler observações sobre a gravação como o arranjo com quatro violinos, duas violas e dois violoncelos, além da indicação do estúdio número dois de Abbey Road para realização do trabalho. Este documento está avaliado em US$ 26 mil (aproximadamente R$ 82 mil). “Cada um destes objetos é fantástico, único e tem importância histórica, assim, vê-los vendidos ao mesmo tempo é uma coincidência incrível”; disse Paul Fairweather, representante da famosa casa de leilões britânica Omega Auctions.

Leia+  Saiba tudo sobre o show de Paul McCartney em Salvador nesta sexta

O assunto gerou muita curiosidade em torno da reconhecida canção de 1966, com letra de Paul McCartney, originalmente lançada no lado ‘B’ do single “Yellow Submarine”. Simultaneamente, ela foi gravada no álbum “Revolver”, aparecendo como segunda música no disco, tendo Yellow Submarine como a sexta. Após o lançamento “Eleanor Rigby” ficou no topo das vendas no Reino Unido por quatro semanas. Nos Estados Unidos, o single alcançou o 11º lugar das paradas, com três indicações para o Grammy.

Pelo que mostra a letra, “Eleanor Rigby” fala da solidão das pessoas ou é interpretada como uma metáfora da vida do pós-guerra na Inglaterra. No contexto musical da banda, marcou uma fase de transição para um trabalho com características do Pop, com tom mais sério e experimental.

Partitura dos Beatles

Partitura dos Beatles

Fatos mostram que pelo visto a inspiração para compor um dos maiores sucessos dos Beatles veio mesmo da lápide de Eleanor Rigby, pois Paul McCartney conheceu John Lennon na festa de uma igreja que fica próxima ao cemitério. Além disso, os dois músicos atravessavam com frequência aquele local, que servia como alternativa de atalho. Quando questionado, Paul sempre afirmou que o nome da música é fictício, mas admite que pode ter sido um impulso subconsciente. Fato é que a lápide do túmulo, inspirando ou não o artista, foi incluída no leilão por um lance mínimo de 4 mil libras (aproximadamente R$ 16.300).

Leia+  Saiba tudo sobre o show de Paul McCartney em Salvador nesta sexta

Eleanor Rigby trabalhava como copeira, representando a típica mulher de Liverpool da época. Ela morreu em 1939, com 44 anos. Ante dos anos 1980 pouca gente sabia da existência da lápide. Depois de descoberta, o mito em torno da tumba aumenta a cada ano. Em 1982, a rua Stanley, em Liverpool, ganhou uma estátua de Eleanor Rigby, que, assim como a lápide, faz parte do roteiro turístico da cidade.

A origem do nome Eleanor Rigby continuará fazendo parte da história dos Beatles, e eles, por sua vez, continuarão impulsionando a indústria ligada ao nome “Beatles”, presente em Liverpool.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta