Crítica: Cinema Especial desta quarta exibe a obra-prima apocalíptica "Mad Max – Estrada da Fúria" | Cabine Cultural
Notícias Televisão

Crítica: Cinema Especial desta quarta exibe a obra-prima apocalíptica “Mad Max – Estrada da Fúria”

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Mad Max

Mad Max

 

Filme está na lista de melhores desta década e deu uma nova e maravilhosa roupagem ao clássico; nesta quarta, dia 4 de outubro, depois da novela A Força do Querer

Uma obra-prima apocalíptica. Assim podemos descrever o filmaço “Mad Max – Estrada da Fúria” que a sessão Cinema Especial da Rede Globo exibe nesta quarta, dia 4 de outubro logo após a novela A Força do Querer.

Há de destacar que o filme substitui o futebol, que esta semana não acontece na quarta, pois no dia seguinte, quinta, haverá jogo da seleção brasileira pelas Eliminatórias.

Mas vamos falar do filmaço.

Poucos filmes conseguem a proeza alcançada por “Mad Max – Estrada da Fúria”. Trata-se de uma obra literalmente insana. Com um processo de filmagem conturbado, com atrasos constantes e problemas no set, o longa tinha todas as prerrogativas para fracassar em seu resultado final. No entanto, o nível de estresse da produção foi diretamente proporcional a qualidade do que se vê na tela.

Seu veterano diretor, George Miller, parece ter treinado nos três longas iniciais de sua carreira durante os anos 1980 (no caso, as aventuras iniciais do personagem Max naquele mundo pós-apocaliptico) para alcançar a perfeição neste mais recente trabalho. Neste enxuto filme, não há (perda de) tempo para introduções, prólogos ou resumos prévios acerca de quem são os habitantes daquele mundo árido e violento. São 120 minutos de pura ação e movimento em cena.

No fiapo de história, a Imperatriz Furiosa (Charlize Theron) decide sabotar um comboio liderado por ela em direção a Gasoline Town e a Bullet Farm, locais onde, como os nomes já dizem, serão coletados munição e combustível para Immortan Joe, chefe tirano e espécie de líder religioso de um grupo de sobreviventes no local conhecido como The Citadel. Levando consigo os tesouros do vilão (no caso, beldades com o único propósito de reprodução), Furiosa parte em direção a terra prometida de Vale Verde, algo que provoca a ira de Joe, que segue em seu encalço juntamente com seu exército composto pelos “aprendizes de guerra”, jovens de vida curta e total devoção religiosa a Joe.

Genial do início ao fim, “Mad Max – Estrada da Fúria” é uma obra-prima do cinema contemporâneo.

SERVIÇO
Título Original
: Mad Max: Fury Road
Elenco: Courtney Eaton, Tom Hardy, Josh Helman, Nicholas Hoult, Jon Iles, Hugh Keays-Byrne, Riley Keough, Zoe Kravitz, Abbey Lee, Charlize Theron, Rosie-Hutington Whiteley|| Elenco de dublagem: Max:Guilherme Briggs / Imperadora Furiosa: Fernanda Barone / Nux: Philippe Maia / The Dag: Carina Eiras / Capable: Gabriela Medeiros / Toast: Fabiana Aveiro / Joe Imortal; Márcio Simões / Slit: Leo Rabelo / A Escolhida : Adriana Torres / Fragil: Evie Saide / Ace: Duda Espinoza
Direção: George Miller
Nacionalidade: Australiana, americana
Gênero: Ação


Deixe uma resposta