Crítica: vale a pena assistir ao filme “Blade Runner 2049”?
Cinema Críticas Notícias

Crítica: vale a pena assistir “Blade Runner 2049”, uma das grandes estreias do ano?

Blade Runner 2049

Blade Runner 2049

“O maior empecilho que um novo diretor enfrentaria ao realizar uma sequência de Blade Runner, certamente, seria respeitar a estética cyber punk tão cultuada e copiada do filme original”

Por NoSet

Esse ano já contamos com uma bela de uma continuação desnecessária: T2 – Trainspotting era um filme que ninguém esperava que fosse feito. Mas mesmo assim o diretor Danny Boyle entregou uma ótima continuação que homenageou o tempo todo seu antecessor.

Aqui em Blade Runner 2049, vemos a mesma situação. Uma continuação para uma obra que não precisava ser realizado, Hollywood mostrando seu medo de apostar em ideias novas e colocando um dos diretores mais promissores dessa geração pra requentar um clássico da cultura pop.

O longa começa 30 anos depois do clássico dirigido por Ridley Scott, e acompanhamos K (Ryan Gosling) no papel de um caçador de replicantes, que começa a repensar a sua função diante a humanidade intrínseca nestes “androides” e “ginoides”.

E dentro dessa jornada muito parecida com a questão do primeiro filme, temos um novo jeito de apresentar os conflitos vividos por um protagonista…Continua a leitura

***

Redação

Redação

Matéria produzida pela equipe do site. Email: contato@cabinecultural.com
Copyright © 2019 Cabine Cultural: arte, cultura, entretenimento; cinema & tv

Deixe uma resposta