Crítica EP. 1 de American Crime Story: O Assassinato de Gianni Versace
Notícias Séries

Crítica EP. 1 de American Crime Story: O Assassinato de Gianni Versace

Crítica EP. 1 de American Crime Story O Assassinato de Gianni Versace

Crítica EP. 1 de American Crime Story O Assassinato de Gianni Versace

Série dá continuação a antologia dirigida e produzida por Ryan Murphy que foca em crimes que tiveram grande repercussão na mídia

Quem assistiu a antologia American Crime Story: The People Vs OJ Simpson certamente ficou intrigado com uma possível nova temporada do projeto. Ver de forma detalhada as centenas de nuances acerca de um crime que chocou os Estados Unidos tinha sido uma experiência incrível, que deveria ter continuidade.

Bem, o projeto não somente teve continuidade como o primeiro episódio da nova temporada já foi exibido na rede americana. E a julgar pelo piloto de American Crime Story: O Assassinato de Gianni Versace, a nova temporada vai agradar bastante, mas de uma forma diferente.

Enquanto que na primeira temporada o foco foi basicamente nos tribunais, com o chamado julgamento do século, nesta o que veremos será o que foi chamada de caçada do século, ou seja, os dias que sucederam a morte de Versace, até o fim de seu assassino. Em meio a isso, conheceremos bastante sobre o núcleo familiar deste que foi um dos ícones da moda em toda a sua história.

Para quem não conhece a história, vamos contar logo o seu resumo: Gianni Versace, um dos estilistas mais famosos da história foi assassinado em 1997 por Andrew Cunanan, que após uma perseguição intensa, se suicidou cerca de dez dias após.

Trump

Pelo que conhecemos da história, do fato em si, e, sobretudo da linha de trabalho de Ryan Murphy, veremos ao longo desta temporada uma história sobre a família Versace, incluindo ai a sua irmã poderosa Donatella, interpretada por ninguém menos que Penélope Cruz, sobre sexualidade, homofobia e até mesmo imigração. Ou seja, tudo que o presidente americano Donald Trump não quer nem ouvir falar. Talvez por isso Ryan tenha dito que esta temporada será um tapa na cara do presidente americano.

Sobre a parte técnica, American Crime Story: O Assassinato de Gianni Versace traz novamente o diferencial de uma fotografia e direção acima da média. Aquela cena de abertura é genial, e é uma pena que Ryan Murphy consegue entregar cenas e episódios como este, mas ao mesmo tempo consegue errar a mão feio em outras.

A temporada tem tudo para agradar, mas ao menos pelos primeiros episódios fica a impressão que ficará abaixo do projeto baseado no julgamento de OJ. De fato, é muito mais intrigante vermos todos os detalhes de um julgamento que parou a mídia americana nos anos 1990 do que uma caçada a um assassino, plote que os americanos estão cansados de ver em séries e no dia a dia.

Muito se falou da participação de Rick Martin, principalmente por algumas cenas bem quentes que ele participou na série. Rick se mostrou um ator mediano, o típico latino, e não há muito que destacar ao menos por agora.

American Crime Story: O Assassinato de Gianni Versace é mais uma prova de que o mundo, e principalmente o americano, ama uma história sobre assassinatos de famosos.

Principais informações
Data de publicação:
Título da publicação:
EP. 1 de American Crime Story: O Assassinato de Gianni Versace
Classificação:
41star1star1star1stargray


Sobre o autor

Luis Fernando Pereira

Luis Fernando Pereira

Jornalista cultural, administrador do site cabinecultural.com

Deixe uma resposta