Crítica | Temperatura Máxima deste domingo exibe Juntos e Misturados
Notícias Televisão

Crítica | Temperatura Máxima deste domingo exibe a comédia com Adam Sandler Juntos e Misturados

  •  
  •  
  •  
  •  
Juntos e Misturados filme

Juntos e Misturados

 

Juntos e Misturados mostra um reencontro às cegas que dá certo no fim das contas; filme tem exibição neste domingo, dia 4 de fevereiro de 2018

A programação deste domingo, dia 4 de fevereiro, da Rede Globo, vai levar aos espectadores da emissora um filme mais que especial. A comédia “Juntos e Misturado” será exibida na sessão Temperatura Máxima. A sessão acontece logo após o programa The Voice Kids

Será uma boa opção para este domingo? Confira

O filme

A história gira em torno de Jim (Sandler) e Lauren (Barrymore), que, após um encontro às cegas desastroso, torcem para que nunca mais voltem a se ver. Porém, o destino prega peças e quando Jen (Wendi McLendon-Covey), a sócia de Lauren, desiste de uma viagem à África, surge à chance para que Lauren possa ir em seu lugar, com seus dois filhos, Brendan (Braxton Beckham) e Tyler (Kyle Red Silverstein).

Leia+  Temperatura Máxima deste domingo exibe Hop – Rebelde sem Páscoa, com Kaley Cuoco

O que ela não esperava era que o namorado de Jen fosse o chefe de Jim, que também viu na desistência uma forma de viajar com suas três filhas. Resumindo, Jim e suas três filhas encontram Lauren e seus dois filhos em um hotel na África, tendo que dividir as mesmas dependências durante uma semana.

O que achamos?

Apesar da premissa não ser nada genial, é interessante a quantidade de detalhes e condições que fazem ao final os dois terem que viver praticamente juntos por uma semana num país exótico e tão distante. Tudo bem que cabe a nós desconsiderar as enormes coincidências e entrar na história de cabeça, essa decisão fará a experiência com o filme ser bem melhor.

Leia+  Assista: em crise, Flamengo enfrenta Ceará em jogo que a Globo mostra para o país

Não podemos desconsiderar, entretanto, a apática introdução da história, quando os dois se encontram pela primeira vez. Diálogos fúteis, bobos e pouco engraçados, buscando dar a ideia de que nenhum dos dois estava curtindo aquele encontro. Era mais que visível, não precisava levar ao extremo uma situação que poderia ser conduzida com mais sutileza e graça.

Juntos e Misturados acerta ao desenvolver uma história bem família, para assistir com os filhos e toda a turma numa tarde qualquer. Traz bons momentos de humor, alguns caricaturais, como na corrida de avestruz, ou quando Lauren tenta voar de Asa Delta (algo similar), mas também traz sequências desnecessárias e bobas demais, com as constantes aparições do grupo de cantores/artistas que boas vindas aos hóspedes do Hotel. Uma trama simples, sem grandes destaques, exceto pelo fato de alguns anos depois um filme ter ressuscitado a boa química existente entre Adam Sandler e Drew Barrymore, no que provavelmente tenha sido a razão do filme existir

Leia+  Temperatura Máxima deste domingo exibe “Minha Mãe é uma Peça”, com Paulo Gustavo

Sobre o autor

Redação

Redação

Matéria produzida pela equipe do site.
Copyright © 2018. Cabine Cultural: arte, cultura, entretenimento; cinema & tv

Deixe uma resposta