Especial Oscar 2018 | Veja a previsão dos vencedores
Cinema Notícias Oscar

Especial Oscar 2018 | Veja a previsão dos vencedores da maior festa do cinema

  •  
  •  
  •  
  •  

Me Chame pelo seu nome

Confira a previsão dos vencedores nas principais categorias do Oscar 2018, a maior festa do cinema no mundo

A cerimônia do Oscar de 2018 acontecerá dia 4 de março para celebrar (supostamente) os melhores filmes de 2017. Aqui vai a previsão dos vencedores de algumas categorias nas quais o Ícone do Cinema aposta.

Esclarecendo, claro, que as escolhas não refletem nossas preferências.

E não esqueça de cometer abaixo quem você acha que deve, ou vai, levar uma estatueta para casa.

Melhor Filme

Me Chame Pelo Seu Nome
O Destino de Uma Nação
Dunkirk
Corra!
Lady Bird: A Hora de Voar
Trama Fantasma
The Post: A Guerra Secreta
A Forma da Água
Três Anúncios Para um Crime

Provável Ganhador: Três Anúncios Para um Crime ganhou o prêmio de melhor filme dramático no Globo de Ouro, no BAFTA e foi o que mais ganhou prêmios no SAG Awards, inclusive de Melhor Elenco, cuja categoria é também considerada um termômetro para Melhor Filme no Oscar. Cotadíssimo, tudo indica que este filme é um forte concorrente, pelo seu conteúdo forte, social e político. No entanto, nas últimas semanas vem sendo alvo de várias críticas acerca de seu roteiro ser racista e estimular a violência, motivo pelo qual fez muitos dos jurados da Academia recuarem na sua escolha. De todas as formas, suas chances ainda são as maiores.

Provável Surpresa: A Forma da Água está conquistando vários prêmios também, é o favorito de muitos membros julgadores da Academia, críticos, e possui mais indicações que todos os demais filmes, já que conta uma história social e política muito importante dos EUA, além de contar com a homenagem da magia que é o cinema. Até o momento, conquistou prêmios importantíssimos que definem o vencedor da noite, como o de Melhor Direção pelo Sindicato de Diretores dos EUA, Melhor Produção pelo Sindicato de Produtores dos EUA e Melhor Filme pelo Critic’s Choice Awards.

Melhor diretor

Christopher Nolan – Dunkirk
Jordan Peele – Corra!
Greta Gerwig – Lady Bird: A Hora de Voar
Paul Thomas Anderson- Trama Fantasma
Guillermo del Toro – A Forma da Água

Provável Ganhador: Guillermo del Toro é a aposta mais segura pelo prestígio de seu trabalho em A Forma da Água, já que ganhou o prêmio de melhor direção do Sindicato de Diretores dos Estados Unidos – DGA.

Leia+  Rampage e mais 4: os piores filmes do ano até aqui

Provável Surpresa: Greta Gerwig ganhou o prêmio no Globo de Ouro de Melhor Filme por Lady Bird e não me surpreenderia se ela saísse vencedora, o que torna a diretora uma concorrente, mas talvez Jordan Peele é um dos concorrentes mais fortes, já que ganhou vários prêmios de direção na categoria de “primeiro filme”, inclusive no Sindicato dos Diretores – DGA.

Melhor Ator

Timothée Chalamet – Me Chame Pelo Seu Nome
Daniel Day-Lewis – Trama Fantasma
Daniel Kaluuya – Corra!
Gary Oldman – O Destino de Uma Nação
Denzel Washington – Roman J. Israel, Esq.

Provável Ganhador: Gary Oldman é o mais cotado para ganhar o prêmio. Vencedor na mesma categoria no SAG Awards, sua transformação como Winston Churchill é o mais comentado do ano, não somente pela sua maquiagem, mas pela personificação do ator no líder britânico que impressionou a todos.

Provável Surpresa: Timothée Chalamet é a aposta mais segura para um possível “plot-twist” na cerimônia, mas como o ator é muito novato, não tem tantas chances. Outra atuação bastante comentada no ano de 2017 foi a de Daniel Day-Lewis, mas não está sendo tão reverenciada quanto à de Gary Oldman.

Melhor Atriz

Sally Hawkins – A Forma da Água
Frances McDormand – Três Anúncios Para um Crime
Margot Robbie – Eu, Tonya
Saoirse Ronan – Lady Bird: A Hora de Voar
Meryl Streep – The Post: A Guerra Secreta

Provável Ganhador: Frances McDormand ganhou na mesma categoria no Globo de Ouro de 2018 e no SAG Awards. Sua atuação em Três Anúncios para um Crime é bastante comentada, de modo que é difícil outra atriz sair com a estatueta na mão.

Provável Surpresa: Sally Hawkins é uma forte concorrente, eis que seu trabalho dependeu de gestos e linguagem de sinais e visuais para interpretar uma mulher muda. Dessa forma, o resultado é impressionante, o que poderia se revelar um verdadeiro “plot-twist” na noite caso ela seja vencedora. E não seria desmerecido.

Melhor Ator Coadjuvante

Leia+  Crítica: vale a pena assistir “Medo Viral” terror que estreia esta semana?

Willem Dafoe – Projeto Flórida
Woody Harrelson – Três Anúncios Para um Crime
Richard Jenkins – A Forma da Água
Christopher Plummer – Todo o Dinheiro do Mundo
Sam Rockell – Três Anúncios Para um Crime

Provável Ganhador: Sam Rockell também foi ganhador do prêmio na categoria no Globo de Ouro de 2018 e no SAG Awards e tenho que admitir que a atuação dele é uma das melhores do ano, ficando difícil apostar em outra pessoa.

Provável Surpresa: O veterano Willem Dafoe possui o trabalho mais impactante e comentado, com exceção de Sam Rockell. Ele tem grandes chances por ter uma carreira sólida, apesar de ainda ficar atrás deste último concorrente. Além disso, seria muito bom ver reconhecido Projeto Flórida para conseguir arrecadar algum prêmio, eis que não fora tão bem lembrado pela Academia. No entanto, acho difícil acontecer.

Melhor Atriz Coadjuvante

Mary J. Blige – Mudbound
Alison Janney – Eu, Tonya
Lesley Manville – Trama Fantasma
Laurie Metcalf – Lady Bird: A Hora de Voar
Octavia Spencer – A Forma da Água

Provável Ganhador: Alison Janney ganhou todos os prêmios até agora e a atuação em Eu, Tonya é a mais comentada do ano de 2017.

Provável Surpresa: Laurie Metcalf é a alternativa mais segura e a atriz mais comentada pelo seu trabalho em Lady Bird. Octavia Spencer e Mary J. Blidge dificilmente sairão vencedoras, eis que a primeira não teve um espaço relevante no filme e a segunda por não ser realmente uma atriz dedicada 100% ao ramo cinematográfico. Lesley Manville, por sua vez, foi a menos comentada das atrizes, fazendo com que seja difícil apostar nela.

Melhor Animação

O Poderoso Chefinho
The Breadwinner
Viva – A Vida é Uma Festa
O Touro Ferdinando
Com Amor, Van Gogh

Provável Ganhador: Viva – A Vida é uma Festa, em razão de ter ganhou o prêmio de melhor animação no Annie Awards, e é a animação favorita de 2017.

Provável Surpresa: Não há nenhuma animação com quem Viva: A Vida é uma Festa pode ter uma concorrência próxima, pois em todas as cerimônias dos Sindicatos, o filme está ganhando: desde edição, até design de produção. Além disso, a Academia adora filmes da Pixar estilo “Divertida Mente” como é este caso, o que dificulta ainda mais qualquer outro concorrente levar o prêmio.

Leia+  Entrevista: Mauricio Amorim lança livro “Luz, Câmera, Ação, E Pensamentos...”

Melhor Roteiro Original

Doentes de Amor
Corra!
Lady Bird: A Hora de Voar

A Forma da Água
Três Anúncios Para um Crime

Provável Ganhador:  Corra! ganhou recentemente o prêmio na mesma categoria no Sindicato dos Roteiristas dos EUA e é o favorito a ganhar, devido à sua originalidade e importância de sua temática.

Provável Surpresa:  Três Anúncios Para um Crime seria um possível candidato a roubar a estatueta do roteiro de Jordan Peele, mas dificilmente Corra! ficará fora.

Melhor Roteiro Adaptado

Me Chame Pelo Seu Nome
O Artista do Desastre
Logan
A Grande Jogada
Mudbound

Provável Ganhador: Me Chame Pelo Seu Nome, simplesmente por ter ganhado o prêmio na mesma categoria no Sindicato dos Roteiristas dos EUA e é a adaptação mais comentada e prestigiada.

Provável Surpresa: Roteiros adaptados não são o forte do ano de 2017. O Artista do Desastre tem um bom roteiro, mas jamais receberá o prêmio em razão das acusações de James Franco, além de que a Academia vai evitar ao máximo prestigiar o desastre que The Room representa para o cinema; Logan, por ser um blockbuster de super-herói vai quebrar paradigmas apenas na nomeação, já que a Academia não é fã de dar atenção a filmes de super-heróis. Por fim, os menos comentados são A Grande Jogada e Mudbound, permanecendo mais distantes da estatueta.

Melhor Filme Estrangeiro

Uma Mulher Fantástica (Chile)
O Insulto (Líbano)
Loveless (Rússia)
Corpo e Alma (Hungria)
The Square (Suécia)

Provável Ganhador: A comédia sueca “The Square”, de Ruben Ostlund foi o que ganhou mais prêmios e indicações nos festivais nesta temporada. Ao total, o filme já conquistou 22 prêmios de suas 32 indicações. Além de vencer como Melhor Filme Europeu do ano de 2017, faturou mais cinco prêmios na mesma noite – Melhor Comédia, Diretor, Ator, Roteiro e Design de Produção. Por fim, o filme também faturou a Palma de Ouro no Festival de Cannes.

Provável Surpresa: O maior candidato que poderá roubar a noite seria Uma Mulher Fantástica ou Loveless. Ambos possuem bastante prestígio no estrangeiro, o que lhes tornam grandes concorrentes.

Para ver as nossas previsões em outras categorias clique aqui!


O Candidato Honesto 2
A Freira

Sobre o autor

Gabriella Tomasi

Gabriella Tomasi

Gabriella Tomasi é crítica de cinema, graduanda em letras, membro do coletivo de mulheres críticas de cinema – ELVIRAS, e possui o blog Ícone do Cinema

Deixe uma resposta